Hacker roda Flash no iPad

Com o uso da ferramenta batizada como Frash e um tablet com jailbreak, é possível executar arquivos nesse formato

https://pcworld.com.br/hacker-roda-flash-no-ipad/
Clique para copiar

Rejeitado pela Apple, o formato Flash, da Adobe, não roda nos equipamentos da empresa de Steve Jobs – pelo menos em dispositivos com configurações originais. Um hacker, identificado como Comex,  conseguiu, com o uso de uma ferramenta de compatibilidade conhecida como Frash, rodar arquivos em Flash em um iPad.

Para isso é necessário utilizar um tablet com o jailbreak (desbloqueio do equipamento para o uso de recursos e aplicativos não reconhecidos pela Apple) e do navegador Safari.

A tecnologia Frash funciona como uma camada de compatibilidade e usa um modelo de multiprocessamento similar ao adotado no Chrome para desktops. Com isso, uma pane no plugin não é suficiente para  derrubar o browser.

Segundo seus criadores, ela permite rodar a maioria dos programas em Flash na versão para dispositivos móveis do Safari.  Uma versão para o celular da Apple está a caminho. 

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site