Hands-on: testando o Xiaomi Mi 9, um intermediário poderoso

O novo dispositivo da Xiaomi já está entre nós e parece ser um dos melhores aparelhos intermediários de todos os tempos. Veja o que achamos

Foto: Xiaomi/Divulgação
https://pcworld.com.br/hands-on-testando-o-xiaomi-mi-9-um-intermediario-poderoso/
Clique para copiar

Como esperado, a Xiaomi lançou seu novo smartphone Mi 9 no MWC 2019 com algumas especificações seriamente impressionantes e um preço chocante. Aqui está a nossa revisão prática do Mi 9. É cedo para dizer, mas certamente o Mi 9 parece ser o melhor celular intermediário no mercado, e estamos falando de preço em vez de especificações.

A empresa pode não ter anunciado um telefone dobrável para rivalizar com o aparelho Samsung Galaxy Fold e o Huawei Mate X, mas a Xiaomi continua a impressionar com seus smartphones top de linha. O Mi 9 é como um Galaxy S10 pela metade do preço, custando a partir de 449 Euros no Reino Unido. Esse nível básico vai te dar um modelo de 64 GB, mas você pode dobrar isso para 128 GB e ainda assim gastar apenas 499 Euros.

Isso significa que o Mi 9 começou bem e pode ser um dos aparelhos de maior valor este ano. Ele rivaliza com o OnePlus 6T e o Honor View 20 no topo da faixa de preço dos intermediários.

Design e forma

O Mi 9 é um telefone muito impressionante quando você olha a traseira, graças às suas cores vivas. Uma camada holográfica, ou algo do tipo, produz um efeito perolado. Por exemplo, o modelo Ocean Blue, que analisamos, exibe cores amarelas, verdes e roxas à medida que você o movimenta. Há também uma opção Violeta Lavanda, ou se você não gosta tanto do efeito cintilante, pode usar o Black Piano.

Apesar de ter uma tela grande, o Mi 9 não soa como um telefone particularmente grande na mão. A melhor relação tela-corpo de cerca de 85% ajuda, assim como a forma curva da traseira. A parte inferior é um pouco menor em comparação com o Mi 8 também. O telefone tem 7.6 milímetros e pesa 173 g, por isso tem a mesma espessura - na verdade, um par de gramas mais leve que seu antecessor.

Tudo o mais é como você esperaria de um smartphone moderno. O principal detalhe a se notar em comparação com alguns rivais é que não há impermeabilização aqui. Provavelmente, a única coisa que não estamos tão entusiasmados é com o design inteligente e com a saliência da câmera, que é bastante considerável.

Especificações e recursos

Há um monte de grandes especificações para falar aqui, e se você é novo na Xiaomi, então você está recebendo um kit nível top de linha com um preço mediano. Como dissemos anteriormente, muitas das características técnicas do Mi 9 são semelhantes ao Galaxy S10.

Começando com a tela: você tem um grande display AMOLED de 6.39 polegadas, com um entalhe em gota ao redor da câmera frontal (sem muito impacto). Mesmo com uma resolução Full HD+ em um formato de 19.5:9, ele parece bastante nítido. O que você não pode ver é um scanner de impressões digitais embutido na tela. Nós ainda não experimentamos, mas é bom ver essa tecnologia em telefones acessíveis que não sejam o OnePlus 6T.

Na sala de máquinas está o mais recente processador Snapdragon 855 da Qualcomm, com 6 GB de RAM. Você terá 64 GB de armazenamento como padrão, mas pode dobrar até 128 GB, se desejar.

Indiscutivelmente, a área mais impressionante é a fotografia, porque o Mi 9 é o primeiro dispositivo da Xiaomi com câmeras triplas traseiras. Há um belo anel ao redor do topo, embora não seja a câmera principal de 48 MP - é a lente telefoto de 12 MP em seu lugar. Na parte inferior está uma lente grande angular de 16 MP para que você possa se encaixar mais no quadro.

É ótimo na teoria e jogo rápido mostra ser promissor, mas precisamos de mais tempo para testar as câmeras corretamente. A câmera frontal para selfies permanece em 20 MP e parece que pode produzir imagens nítidas. Em vídeo, o Mi 9 pode agora gravar em super câmera lenta de 960 fps em 1080p e vídeo 4K em 60 fps.

A bateria pode ser um pouco menor que a do Mi 8, mas ainda assim é um tamanho decente com 3.300 mAh, e agora o Mi 9 tem carregamento sem fio. Não só isso, é um enorme de 20 W, que é mais rápido que o cabo de alguns telefones. A Xiaomi diz que o telefone irá carregar 100 por cento em apenas 90 minutos sem fio. Conecte o Mi 9 (ao fio) e você terá 27 W.

Impressão antecipada

Ainda há coisas para testar corretamente, mas o Mi 9 está se parecendo com um incrível telefone top de linha com um preço intermediário. Competindo com o OnePlus 6T e Honor View 20, ele tem um design deslumbrante, juntamente com algumas especificações de destaque, incluindo um processador Snapdragon 855, câmeras triplas traseiras e carregamento sem fio de 20 W. Há pouco para não gostar aqui, especialmente o preço.

Este anúncio desaparecerá em:

Ir para o site