Home > Notícias

HP implanta novo processo de reciclagem de cartuchos de tinta

Novo processo envolve a fabricação de novos cartuchos com base em componentes reciclados de cartuchos usados da HP

Por IDG News Service/EUA

31/01/2008 às 11h17

Foto:

A Hewlett-Packard implantou um novo processo de reciclagem de cartuchos para impressoras a jato de tinta, informou a empresa nesta quarta-feira (30/01).

Leia mais:

Segundo a empresa, o novo processo envolve a fabricação de novos cartuchos da fabricante com base em componentes reciclados de cartuchos usados da marca.

O novo processo envolve, primeiramente, a quebra de componentes plásticos dos cartuchos feitos de material PET. Em seguida, aditivos como fibras e resinas são usados para reforçar e regenerar o plástico. O material é então remodelado e usado na manufatura de novos cartuchos de tinta da HP.

A empresa ressalta que o novo sistema é ecologicamente correto e não envolve derretimento do plástico, preenchimento de cartuchos usados, revenda ou o descarte em depósitos de lixo.

O novo sistema de reciclagem, que começou a ser testado em 2005, já resultou na manufatura de 200 milhões de cartuchos de tinta, informa Scott Canonico, gerente de políticas ambientais e estratégias da área de suprimentos da HP. A partir de agora, o novo processo está totalmente operacional, segundo o executivo.

Cada cartucho de tinta contém de 70% a 100% de material reciclado. De acordo com Canonico, os usuários sentirão a diferença destes cartuchos que passam pelo processo de reciclagem da HP, em relação a componentes reutilizados.

A fabricante possui um programa mundial de reciclagem de cartuchos, que envolve a devolução gratuita de cartuchos de tinta usados, informa Ken Fleming, diretor de marketing para suprimentos da HP. O programa não se aplica ao Brasil.

"No Brasil, existem estudos de viabilidade em andamento para que o projeto seja estendido, mas ainda não há uma previsão", informou a empresa ao IDG Now!.

Antes da implantação do novo processo de reciclagem, nem todo o material plástico era reaproveitado pela empresa. Segundo Canonico, parte dos materiais era enviada para as indústrias de brinquedos e autopeças

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail