Home > Notícias

HP vai fabricar dois modelos de workstation no Brasil via Foxconn

Equipamentos custam a partir de 3 mil reais e serão equipados com chips da Intel ou AMD. Empresa espera aumentar vendas em 10%.

Por Nando Rodrigues, editor da PC World

26/03/2008 às 10h24

Foto:

Atualizada em 27/03, às 10h57

A HP anunciou nesta quarta-feira (26/03) a fabricação no Brasil de dois modelos de workstations: a xw4550 (com chip AMD) e a xw4600 (processador Intel), destinadas a trabalhos com gráficos, aplicações 2D, 3D e multimída, e outras funções que exigem desempenho e alta disponibilidade.

A produção dos equipamentos será feita nos mesmos moldes do que já ocorre com a fabricação local de notebooks e desktops da marca. Por meio de terceirização, as estações de trabalho serão produzidas pelo Foxconn Technology Group na cidade de Jundiaí, interior de São Paulo. A HP não revela o investimento realizado.

Potencial local
Jean Paul Pinto, gerente regional da HP para a América Latina, diz
que existe uma grande oportunidade de crescimento para workstations.
Segundo ele, enquanto na Europa se vende cinco workstations para cada
100 PCs, no Brasil, a proporção é de uma estação de trabalho para cada
mil PCs comercializados.

"Existe um mercado potencial muito grande, formado por profissionais
específicos como engenheiros e arquitetos, que utilizam desktops PCs equipados com
placas gráficas offboard quando na realidade deveriam utilizar uma
workstation. Nosso target, para 2008, é conquistar 1% do mercado
nacional de PCs", diz o gerente.

Segundo a IDC, foram vendidos no País 10,7 milhões de PCs
e pouco mais de 11 mil workstations. A HP, ainda de acordo com os
números da empresa de pesquisas, encerrou o ano liderando o mercado no
segmento, com um market share de 42,8%, 14,3 pontos percentuais acima do
que possuía no final de 2006.

Mesmo sem divulgar o volume de workstations vendidas localmente, a HP estima que fabricação local deve ampliar em 10% suas vendas desses produtos.

Pinto afirma ainda que a oferta de estações de trabalho equipadas com processador AMD, com preços a partir de 3 mil reais (modelos Intel têm preços a partir de 3,5 mil reais), será um atrativo a mais para facilitar a transição do desktop para workstation.

A HP também anunciou dois novos modelos de workstation baseadas no processador Intel Xeon Quad-Core. O modelo xw6600 é destinado a ambientes silenciosos e com pouco espaço disponível e permite o uso com até quatro monitores 3D, ou oito monitores 2D. Já o modelo xw8600, o equipamento top de linha da marca, suporta até 128GB de memória ECC, e também é silencioso. "Em sua configuração top de linha, esta workstion pode custar até 30 mil reais", diz Pinto.

Pinto afirma que a HP está trabalhando em parceria com empresas de software, como a Autodesk, para a oferta casada desses produtos. "A idéia é identificar e preparar o canal para que possa atender às necessidades dos usuários", diz.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail