Home > Notícias

I Love Katamari ganha versão para iPhone e iPod Touch

Versão do clássico Katamari Damacy para iPhone é entretenimento garantido, mas poderia ser melhor com ajustes de controle.

Redação da Macworld / EUA

28/01/2009 às 20h03

Foto:

Em 2004, um game de orçamento baixo produzido pela Namco e chamado
Katamari Damacy tomou o mundo do PlayStation 2 de sopetão. Sua
jogabilidade simples, mas divertida, envolvendo uma jovem realeza
cósmica que rola bolas com objetos chamados “katamari”, se provou
infecciosa suficiente para merecer uma série de sequências. Bem, o
fenômeno Katamari finalmente chegou ao iPhone, na versão I Love
Katamari
.

Como no clássico de console, a versão para iPhone
coloca você no controle de um pequenino personagem chamado The Prince
(O Príncipe), que empurra um katamari por diversos níveis e sobre
objetos cada vez maiores que grudam na bola. Uma vez que já tenha
agarrado objetos suficientes (incluindo gatos, cachorros, humanos,
prédios, polvos gigantes, ilhas, e assim por diante), e você passa para
a fase seguinte.

I Love Katamari incorpora as tecnologias
encontradas no iPhone ao unir os controles ao acelerômetro.
Simplesmente incline o aparelho para frente, para os lados e para trás
para controlar os movimentos da personagem. Para curvas fechadas ou
para dar meia-volta, aperte os lados do touchscreen ou aperte um botão
no canto da tela para dar uma guinada.

A experiência de jogar I
Love Katamari no iPhone não é exatamente a mesma que sentar no sofá,
ligar o PlayStation 3 ou Xbox 360, e jogar por horas a fio, mas a alma
do jogo ainda está lá.

A Namco fez um excelente trabalho com os
gráficos e músicas e manteve o humor do jogo intacto nos quatro modos
(Story Mode, Time Attack Mode, Exact Size Challenge Mode e Eternal
Mode). Role sobre um prédio para pegá-lo, por exemplo, e você poderá
ouvir as pessoas lá dentro gritando comicamente enquanto você joga o
resto da fase.

gamesshutter_625.jpg

A física faz toda a diferença, e o mecanismo
físico de I Love Katamari se mantém realístico à medida que o jogo
progride. Mude o formato do katamari, e você terá mais facilidade ou
dificuldade para rolar, dependendo do que você tiver grudado.

Enquanto
os movimentos são fáceis e previsíveis no início das fases, eles
começam a ficar tão difíceis quanto o tamanho dos objetos que você
pegou - como pontes e pedaços de terreno – e saem do meio do seu
katamari.

katamari-interna

Por mais que seja bacana ver esse game chegar ao
iPhone, há algumas considerações negativas a serem feitas.

I Love
Katamari usa intensivamente o processador; mesmo sessões rápidas de
jogo sugaram rapidamente a bateria do iPhone 3G usado no teste.

Outras
deficiências, como um frame rate muito inconsistente, maculam o
desempenho do jogo. Finalmente, os próprios controles precisam de mais
atenção. Por mais que o controle com inclinação funcione, jogadores
podem se pegar inclinando tanto o aparelho que a tela fica fora do seu
campo de visão.

Enquanto I Love Katamari é uma forma muito
divertida de matar o tempo e a curva de aprendizado não é demasiado
difícil, o produto final parece mais uma demo técnica do que um jogo
terminado.

Para fãs da série, 8 dólares não vão falir ninguém, e você
ganha um jogo divertido em troca. Ainda assim, muito pode ser melhorado
com algumas leves atualizações. Derrube algumas das falhas, e você terá
um produto maravilhoso.

I Love Katamari é compatível com qualquer iPhone ou iPod touch que use o software 2.x.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail