Home > Notícias

IBM dobra velocidade da memória flash

Companhia diz que criou memória que entrega taxas de transferências de dados que são duas vezes e meia mais rápidas do que as atuais.

NetWork World/EUA

29/08/2008 às 12h08

Foto:

A IBM afirma que conseguiu uma grande conquista nas memórias
em flash. De
acordo com a empresa, uma nova memória projetada está entregando taxas de
transferência de dados com mais de 1 milhão de operações de input/output por segundo (IOPS). Se confirmado, esse valor é duas vezes e meia mais rápido do
que as memórias atuais.

Chamado Quicksilver, o projeto combina memória flash em
estado sólido com a tecnologia de virtualização de storage da IBM.
"Quicksilver melhorou o desempenho em pelo menos 250% em um 1/20 do tempo
de resposta. Isso consumindo um quinto do espaço físico e demandando apenas 55%
da energia e do resfriamento," definiu a IBM.

Segundo a IBM, o Quicksilver é duas vezes e meia mais rápido
do que a tecnologia desenvolvida pela Texas Memory Systems, que garante que é o
storage mais rápido do mundo com taxa de 400 mil IOPS.

Armazenamento em flash está sendo adotado por fabricantes de
soluções empresariais como EMC por prometer velocidades mais rápidas e uso mais
eficiente de storage com uso de discos em estado sólido

A IBM não esclareceu quando e se o Quicksilver vai resultar
em um produto ao mercado.

O projeto é resultado de colaboração entre engenheiros e
pesquisadores no laboratório de desenvolvimento da IBM Hursley na Inglaterra e
o IBM Almaden Research Center na Califórnia, EUA.

"Melhorias em desempenho desta magnitude pode ter
implicações profundas para os negócios, permitindo que no mesmo período de
tempo seja feita duas a três vezes mais trabalho. Isso pode beneficiar
aplicações sensíveis ao tempo como sistemas de reservas ou sistemas
transacionais de instituições financeiras, além de criar oportunidade para
novas possibilidades em soluções de datawarehouse e ferramentas analíticass,"
define a IBM em comunicado.

Mesmo com todo o potencial, a IBM afirma que o Quicksilver
não está destinado a substituir os hard disk atuais. Em vez disso, ele será uma
parte de uma estratégia "completa, fim-a-fim" para storage.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail