Home > Dicas

Discos que guardam tudo

Três grupos promovem formatos de disco óptico que oferecem quatro ou cinco vezes a capacidade dos atuais DVDs. Mas uma guerra de formatos está em andamento e ninguém sabe no que vai dar.

PC World/EUA

12/07/2005 às 18h04

Foto:

Na era da televisão de alta definição e de discos rígidos de 300 GB, o disco DVD de  4,7 GB simplesmente não está dando conta do recado. A boa nova é que três grupos estão promovendo formatos de disco óptico que oferecem quatro ou cinco vezes a capacidade dos atuais DVDs. Mas uma guerra de formatos está em andamento e ninguém sabe no que vai dar.

O grupo High Definition-DVD, liderado pela NEC e pela Toshiba, criou um formato de 15 GB que, segundo analistas, vai proporcionar preços de disco mais baixos. A NEC, a Sanyo e a Toshiba planejam fornecer HDDVD players ainda neste ano e gravadores possivelmente em 2005 ou 2006. A NEC também pretende comercializar uma unidade HD-DVD para computadores.

Ofertas Blu-Ray O padrão concorrente Blu-Ray, comandado pela Matsushita, a Sony e outros gigantes de PC e eletrônica de consumo, armazena 50 GB em um disco. Gravadores Blu-Ray, incluindo o LG-XBG420, da LG Electronics, o DMR-E700BD, da Panasonic, e o BDZ-S77, da Sony, já estão à venda no Japão, mas custam mais de 1.000 dólares. A Sony prevê que produtos Blu-Ray serão fornecidos nos Estados Unidos em fins de 2005 ou início de 2006. Aparelhos que não gravam, mas tocam qualquer tipo de conteúdo armazenado emum disco Blu-Ray, deverão aparecer nas lojas no final de 2005. A Sony diz que o futuro PlayStation 3 terá um player Blu-Ray.

HD-DVD e Blu-Ray são formatos de armazenamento óptico com laser azul, que utiliza um comprimento de onda muito  menor para acomodar bits de dados firmemente na superfície do disco. O problema é que o laser azul é caro. Assim, uma terceira tecnologia, chamada Digital Multilayer Disc (DMD), da D Data, emergiu. Ela usa laser vermelho de baixo custo e mídia fluorescente transparente para armazenar até seis camadas de dados dentro de um disco. Em vez de apontar um laser para uma camada de superfície refletora, DMD interage com materiais fluorescentes embutidos em diversas camadas para alcançar capacidades iniciais de 15 GB.

DMD promete hardware e mídia mais barata do que os formatos baseados em laser azul. A D Data planeja dobrar a capacidade dos discos para 30 GB em 2005 e, novamente, para 60 GB em 2007. Entretanto, o DMD não tem o suporte da indústria que está por trás das tecnologias Blu-Ray e HD-DVD.

Não espere vitórias rápidas nesta luta de formatos. Em meados de 2005, importantes estúdios de Hollywood provavelmente vão tomar partido e fazer pressão. Blu-Ray poderá assumir a dianteira com grandes bibliotecas de filme da Sony. HD-DVD tem a chancela do DVD Forum, grupo que controla a especificação para DVD. Em 2007, a Sony espera fornecer um disco Blu-Ray de quatro camadas que vai acomodar 100 GB de dados. A empresa desenvolveu protótipos de um disco de 200 GB com oito camadas. Vão acabar surgindo gravadores e drives que suportem tanto HD-DVD quanto Blu-Ray.

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail