Home > Dicas

Quem mandou esse vírus?

E-mails infectados chegam à sua caixa de entrada como se você os tivesse enviado sem saber? Não se preocupe: siga nossas dicas para limpar o correio eletrônico e evitar dores de cabeça.

Steve Bass

12/07/2005 às 16h00

Foto:

O problema: Você sempre recebe mensagens de e-mail com vírus e worms em anexo. E, o mais estranho, a mensagem veio de você mesmo. Amigos - ou completos desconhecidos - reclamam disso. Para você, claro.

A correção: Calma, você não é o culpado. Você não mandou o e-mail para você mesmo, e isso é o causador de tanta confusão. Algum conhecido, ou até mesmo algum amigo do seu conhecido, tem um computador infectado por um worm, até mesmo um cavalo-de-Tróia.

Grande parte dos worms tenta enviar uma mensagem infectada para todos os contatos no catálogo de endereços do programa de e-mail, principalmente o Microsoft Outlook e o Outlook Express. Alguns worms também varrem a memória temporária do navegador em busca de endereços usados em serviços de webmail. Outros worms e variantes de vírus vão além. Digamos que seu endereço de e-mail está no catálogo de endereços de um PC infectado. O worm então pega seu e-mail de lá e "finge" em uma mensagem que é você. Assim, você (e seus amigos) recebe e-mails que não são verdadeiros - e ainda estão com vírus.

Embora não exista uma solução real para isso, sugerimos três passos para gerenciar o problema.

1) Proteja sua caixa de entrada: O primeiro passo é criar um filtro no Outlook ou Outlook Express que envia tal tipo de e-mail direto para o lixo, sem que você tenha que se preocupar. O filtro não precisa ser complicado. Basta criar uma regra que envie todo e-mail que tem seu endereço de e-mail no campo "De" e traz um arquivo anexo.

2) Pare de enviar spam para você mesmo: Use um firewall que também tenha recursos de gerenciamento de e-mail, como o ZoneAlarm Pro, que traz um recurso chamado Outbound Mail Safe. O programa bloqueia envios de e-mail em massa que seguem três condições similares ao comportamento de vírus: muitas mensagens enviadas ao mesmo tempo, uma mensagem com muitos destinatários ou o remetente do e-mail não é você. O programa custa 50 dólares (licença de um ano), porém uma versão de testes pode ser baixada aqui.

3) É bom prevenir para evitar problemas: Use sempre um programa antivírus para evitar infecções por vírus. Uma boa opção gratuita é o AVG, e existem diversas opções pagas, como Symantec, Kaspersky e McAfee, entre outras.

Leia na PC World de março um teste completo com programas antivírus, firewall, anti-spam e anti-spyware, além de outras dicas de segurança.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail