Home > Dicas

Acesso em ritmo acelerado

Quer fazer download sem culpa? PC WORLD selecionou diversos sites onde os usuários de banda larga podem conseguir MP3, trailers de filmes, jogos e streaming de graça e sem descumprir a lei.

Henrique Martin e Guilherme Felitti

13/07/2005 às 10h09

Foto:

Depois de conectar seu computador a um link de alta velocidade, tudo o que você quer é encontrar raridades do seu músico preferido, baixar filmes, jogar... De preferência, sem pagar, não é? Só há dois problemas. Primeiro, as indústrias fonográfica e cinematográfica estão correndo atrás de quem faz download ilegal, principalmente nos Estados Unidos.

Segundo, mesmo com firewall e antivírus instalados, não dá para confiar em redes P2P como Kazaa, Grokster ou Shareaza. Para facilitar a busca por conteúdo legal, seguro e gratuito, PC WORLD separou alguns endereços importantes que vão encher rapidinho seu disco rígido ou garantir muitas horas de diversão online.

Músicas
Dois sites internacionais servem de ponto de partida para o download gratuito. A seção de áudio do Internet Archive (www.archive.org/audio) traz gravações ao vivo de mais de 700 artistas, entre eles Grateful Dead, Butthole Surfers e Fugazi, todas para uso não comercial. A página de conteúdo do Creative Commons (http://creativecommons.org/getcontent) traz diversos artistas que divulgam seus trabalhos com algumas ou nenhuma restrição ao uso de direitos autorais. A busca é um pouco confusa e dá acesso a sites de artistas como Weapons of Mass Destruction e Crystal Waters.

No Brasil, o Trama Virtual (www.tramavirtual.com.br), da gravadora Trama, tem páginas de artistas e downloads gratuitos de bandas como Cansei de Ser Sexy. O site da Trama (www.trama.com.br) permite o download de músicas de artistas representados pela gravadora, como Four Tet, Caju e Castanha, Nenhum de Nós e Franz Ferdinand. O especializado FiberOnline (www.fiberonline.com.br) serve de porta de entrada para o mundo da música eletrônica e tem bons downloads de diversos subgêneros da categoria.

Soa estranho, mas a Amazon.com também tem download de graça. É um pouco difícil encontrar a página chamada Free Music Downloads no www.amazon.com – faça uma busca sobre esse termo no site de compras ou vá à seção de música. The Strokes, The Hives, Sigur Ros, Tom Waits, Yo La Tengo e Nick Cave estão entre os artistas selecionados. Mas é preciso ter cadastro no site.

O novo MP3.com (www.mp3.com) não permite downloads, mas faz streaming de sucessos e atualidades, como os últimos álbuns de REM e Fatboy Slim, por exemplo, e leva a sites de downloads pagos. Os órfãos do MP3.com antigo podem direcionar o browser para o SoundClick (www.soundclick.com) ou o PureVolume (www.purevolume.com), dedicados a artistas independentes.

O portal da gravadora Vitaminic (www.vitaminic.com) inclui outros sites como PeopleSound.com, Iuma.com e FranceMP3.com, com milhares de músicas para baixar. Para não achar que a internet é só para música independente e indie rock, o CenturyMedia (www.centurymedia.com) traz bandas de metal, e o Classic Cat (www.classiccat.net) é especializado em música clássica.

Navegou por tudo e acha que faltam opções? O projeto One Million Free & Legal Music Tracks (www.enorgis.com/pmwiki/pmwiki.php), capitaneado pelo blog The Red Ferret Journal (www.enorgis.com), tenta captar um milhão de faixas gratuitas, com links para todo o mundo – tem até música clássica asiática. Ir ao Google (www.google.com) em busca do site oficial da banda favorita também ajuda. Muitos artistas colocam gravações raras e ao vivo em suas páginas.

Filmes
Em busca de ação ou boas risadas, mesmo com fundo político? No site da AtomFilms (www.atomfilms.com) há mais de 1.500 filmes, com duração de um a trinta minutos. As páginas do iFilm (www.ifilm.com), do MovieFlix (www.movieflix.com) e do FilmWave (www.filmwave.com) seguem a mesma linha, com produções independentes, informações sobre filmes e trailers. Apesar de patrocinado pela BMW, o BMW Films (www.bmwfilms.com) coloca diretores famosos – John Woo, Tony Scott, Ang Lee e Guy Ritchie, entre outros – dirigindo curtas-metragens envolvendo, claro, os carros da fabricante alemã.

Quer animações? A internet também é um campo fértil. O site da Pixar - estúdio responsável por Procurando Nemo e Toy Story - traz os filminhos animados que costumam passar antes da exibição das produções da companhia. Direcione seu navegador para www.pixar.com/shorts e veja pérolas como For the birds e Luxo Jr. Animações em Flash encontram espaço no Hot Wired (http://hotwired.wired.com) e no cruel Happy Tree Friends (www.happytreefriends.com), com bichos fofinhos que sofrem com a maldade de seus colegas – esse virou DVD e passa na MTV brasileira.

Ok, nada de filme ou animação. Em busca de informações sobre cinema, vá primeiro ao Internet Movie Database (www.imdb.com). É um banco de dados completo sobre artistas, diretores e filmes. Apesar de ter muito texto (e em inglês), traz links para trailers e sites de filmes recentes. No Brasil, o SuperOmelete (www.superomelete.com.br) também traz trailers e notícias sobre cinema. O Apple Trailers (www.apple.com/trailers) usa o QuickTime para mostrar prévias – alguns com exclusividade. Conteúdo similar é oferecido pela BBC (www.bbc.co.uk/films) e pelo Movie-Source (www.movie-source.com).

Rádio
Para descobrir novidades, as rádios são uma boa pedida. Para dar início à procura, nada como uma lista de estações de rádio como a oferecida pelo Web-Radio (www.web-radio.fm). São mais de dez mil estações, que vão do jazz de New Orleans ao eletrônico. O Radio-Locator (www.radio-locator.com) traz uma vasta seleção de emissoras internacionais, de Andorra a Hong Kong.

O Rádios (www.radios.com.br) é a versão brasileira dos catálogos de emissoras. Além do streaming de estações nacionais e internacionais, o site tem uma seção dedicada a emissoras que transmitem partidas de futebol durante a semana.
Montar canais próprios é outra vantagem da audição online. Graças ao serviço on demand, aliado a enormes acervos digitais, o internauta não precisa depender da programação para ouvir suas músicas prediletas. O AccuRadio (www.accuradio.com), por exemplo, traz uma longa relação de artistas, dividida em 31 canais.

Jogos
Alguns sites funcionam como verdadeiros portais de jogos em Flash, oferecendo centenas de arquivos gratuitos que circulam pela internet. Um bom exemplo é o Flash Arcade (www.flasharcade.com), que traz uma vasta biblioteca catalogada por estilos que vão de jogos de cartas a antigos sucessos dos fliperamas. O Vagenis (www.vagenisonline.com/flash.html) também aposta em games clássicos e traz um pequeno apanhado dos melhores, como o Avalanche e o Bow Man.

Outra opção é o Flash Player (www.flashplayer.com/game), área dedicada à diversão online de um portal sobre a linguagem Flash que aposta em jogos diferentes e cheios de humor. Ali, por exemplo, é possível experimentar games em que o objetivo é livrar-se de vacas infectadas pelo vírus da vaca louca ou encarnar George W. Bush e a rainha da Inglaterra em um tiroteio nas ruas londrinas.

O presidente americano, aliás, é o mote de um título panfletário e hilário. No site EmoGame (www.emogame.com), o usuário pode encontrar o AntiBush VideoGame. Desenhado em Pixel Art, o jogo faz a impensável reunião de Hulk, Hogan, He-Man (gordo por comer fastfood) e Mr.T, combatendo os novos ministros do governo norte-americano.

Ao contrário de carros, esportes e armas, outros títulos em Flash pedem concentração e olho vivo. Nascido da divulgação do novo CD da banda The Polyphonic Spree, o Quest for Rest (http://questfortherest.com) traz os integrantes da banda, vestidos com túnicas, em cenários alucinados.

A web também traz jogos desenvolvidos em Java, mais elaborados que os títulos em Flash e um pouco mais pesados. No Java Game Center (www.javagameplay.com/index.html) há desde a recriação em 3D do Pong à elaborada série de combate em tanques WarZone, que já conta com três títulos. No total, são 14 jogos, divididos por complexidade em cinco categorias.

Já o Arcade Pod (www.arcadepod.com/java) traz mais de 780 games em Java – nem todos originais – divididos em 14 categorias para o deleite dos jogadores. Para se ter uma idéia, só de Pac Man há 37 versões com leves alterações em relação ao original. O enorme arquivo de games, construído com a contribuição dos internautas, recebe atualizações freqüentes.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail