Home > Notícias

O corpo é a rede

Você já deve ter trocado cartão de visita incontáveis vezes na vida. Já imaginou se os dados do seu cartão estivessem armazenados em um sensor colocado no seu bolso e bastasse apertar a mão do interlocutor para que ele recebesse, em outro sensor, essas informações? Esse é apenas um dos campos de aplicação da RedTacton, uma tecnologia revolucionária que usa o corpo humano como meio de transmissão de dados, desenvolvida pela operadora japonesa Nippon Telephone and Telegraph, a NTT.

PC World

13/07/2005 às 19h57

Foto:

Você já deve ter trocado cartão de visita incontáveis vezes na vida. Já imaginou se os dados do seu cartão estivessem armazenados em um sensor colocado no seu bolso e bastasse apertar a mão do interlocutor para que ele recebesse, em outro sensor, essas informações? Esse é apenas um dos campos de aplicação da RedTacton, uma tecnologia revolucionária que usa o corpo humano como meio de transmissão de dados, desenvolvida pela operadora japonesa Nippon Telephone and Telegraph, a NTT. Longe de ser ficção científica, o RedTacton já está em fase de testes no Japão e promete desbancar padrões de comunicação de dados sem fio em ascensão como Bluetooth e Wi-Fi.

A RedTacton usa um sensor óptico para interpretar flutuações no campo elétrico do corpo humano com o uso de um laser em miniatura e um cristal montado no transceiver. O laser mede a flutuação no campo e como essas flutuações afetam o cristal, e o sensor interpreta as mudanças como dados. Os campos elétricos de baixa intensidade que existem em volta dos objetos de plástico, metal, vidro, cerâmica e líquidos, entre outros materiais, tornam possível a comunicação entre transceivers.

Roupas, luvas, meias e sapatos de qualquer tipo não interferem na comunicação, que pode atingir velocidade de até 10 Mbps (megabits por segundo).

A NTT estima que os primeiros produtos comerciais cheguem ao mercado já em 2006. A companhia vislumbra uma infinidade de áreas de aplicação para a tecnologia, da personalização da troca de dados a sistemas de segurança.

Entre as possibilidades está a operação intuitiva. Se você deseja imprimir um documento armazenado em um notebook, por exemplo, bastará segurar o computador portátil com uma mão e tocar a impressora com a outra para ter o trabalho impresso.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail