Home > Notícias

O e-mail vencedor do Google

Se você quer um e-mail baseado na web sem problema de espaço, não deve deixar de conferir o gratuito Gmail

13/07/2005 às 15h32

Foto:

Se você se cansou de ter um e-mail baseado na web com armazenamento escasso e interfaces desordenadas, não deve deixar de conferir o Gmail gratuito do Google. Com recursos inovadores como threading de mensagem e busca veloz, o Gmail fornece 1 gigabyte de espaço no servidor (inicialmente, era apenas 1 GB) e não se apóia nos anúncios em banners e pop-ups, optando por links patrocinados similares aos encontrados na página da ferramenta de busca Google.

O Gmail tem um aspecto polêmico: o modo de lidar com anúncios. O serviço examina e-mail automaticamente e mostra os anúncios que possam ser relevantes para o conteúdo das mensagens. A política de privacidade do Gmail declara que ninguém lê o e-mail do usuário; que só um conjunto limitado de funcionários tem acesso às contas para fins de segurança, auditoria e outros objetivos internos; e que este acesso é gravado.

Em vez de serem embutidos em mensagens de e-mail, os anúncios são colocados na página web em uma coluna ao longo das mensagens, tal como aparecem nos resultados de busca do Google. No geral, têm textos discretos – embora, com freqüência, um pouco inadequados. Uma mensagem sobre privacidade, por exemplo, exibiu um link para a política de privacidade do programa estadual anti-drogas de Illinois.

Riscos à privacidade
Ray Everett-Church, chief privacy officer da empresa antispam TurnTide, não está preocupado com varredura computadorizada de e-mail do Gmail porque os usuários recebem um aviso claro e porque o Google não retém ou compartilha dados que vinculam informações direcionadas a anúncios a indivíduos. Segundo Sarah Milstein, editora e escritora que testou o Gmail, “não é diferente de provedores de internet e empregadores que fazem varreduras contra spam... Não existe evidência de que o Google faça alguma coisa mais invasiva do que outros fornecedores de e-mail”.

Pam Dixon, diretora executiva do World Privacy Forum, discorda. O plano do Google de examinar e-mails em busca de anúncios abre o precedente de permitir que um terceiro comente sobre nossa comunicação privada”, observa Dixon.
À parte as questões relacionadas a anúncios, o recurso de encadeamento de mensagens do Gmail – “conversas” no jargão Google – permite que você veja porções de trocas de mensagens ou conversas inteiras. Para armazenar mensagens, você conta com seis pastas: Caixa de Entrada, Com Estrela (contendo mensagens que você destacou com uma estrela para que sejam fáceis de encontrar), E-mails Enviados, Todos os E-mails, Spam e Lixeira. Você não pode acrescentar novas, mas pode aplicar um ou mais marcadores (labels) para organizar as conversas.

A pesquisa é rápida e abrangente, com opções padrões como a capacidade de buscar por campo de cabeçalho, hora, marcador ou anexo. Se você quiser um serviço de webmail gratuito e organizado, com toneladas de armazenamento, avalie o Gmail assim que ele for lançado. O problema de privacidade não incomoda a todos. Ao contrario do repulsivo spyware que captura dados sem o seu conhecimento, o Gmail pediu permissão.

Gmail
Fabricante: Google
Preço: gratuito
Onde encontrar: www.gmail.com

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail