Home > Notícias

Americanos são condenados por piratear DVDs

Dois norte-americanos foram condenados a até 30 meses de prisão em Xangai por vender DVDs piratas pela internet, informou a mídia local nesta quarta-feira (20/04).

IDG News Service

14/07/2005 às 18h03

Foto:

Dois norte-americanos foram condenados a até 30 meses de prisão em Xangai por vender DVDs piratas pela internet, informou a mídia local nesta quarta-feira (20/04).

Randolph Hobson Guthrie III, Cody Abram Thrush e outros dois colaboradores chineses foram acusados de vender os produtos falsificados por três dólares cada um no site de leilões virtuais eBay e em uma outra página, chamada Three Dollar DVD.

A polícia estima que o grupo vendeu 180 mil DVDs, em um total avaliado em 845 mil dólares, entre novembro de 2003 e julho de 2004. No entanto, o juiz que está atuando no caso declarou também que o grupo vendeu 133 mil DVDs piratas para consumidores em 20 países, incluindo Estados Unidos, Reino Unido, Canadá e Austrália.

Guthrie - que foi descrito como o réu principal - foi sentenciado a 30 meses de prisão e multa de cerca de 60 mil dólares, enquanto o outro norte-americano foi condenado a dez meses de detenção e multas que vão variar entre 1,2 mil e 3,8 mil dólares.

De acordo com o Departamento de Segurança dos Estados Unidos (DOHS, na sigla em inglês),  que coordenou as operações com oficiais chineses, os rapazes foram presos em 1º de julho do ano passado. Os norte-americanos serão deportados da China após cumprirem a pena.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail