Home > Notícias

Orb oferece streaming fácil

Serviço web faz streaming de mídia para muitos dispositivos – e faz bem

pcworld

14/07/2005 às 14h58

Foto:

Se você tem uma grande coleção de músicas e vídeos digitais, sabe que pode ser um transtorno levá-la quando você se desloca. Grandes arquivos de mídia sobrecarregam rapidamente o disco rígido de um notebook e não cabem na maioria dos telefones celulares ou PDAs.

É aí que entra o Orb Networks. O serviço baseado na web envia músicas, vídeos e fotos de seu computador com Windows XP para outros dispositivos conectados à web –  todos os notebooks, muitos PDAs (incluindo PocketPCs, mas não Palms) e telefones celulares Microsoft Smartphone. Se seu computador de casa tiver um sintonizador de TV, você pode até assistir televisão em tempo real no seu dispositivo portátil.

Testamos o serviço – que, recentemente, deixou de cobrar 10 dólares mensais e passou a oferecer contas gratuitas – com um notebook e um telefone celular Nokia 6620. Descobrimos que ele funcionou extraordinariamente bem para uma tecnologia tão nova.

Seu conteúdo com Orb
Para acessar seu conteúdo, primeiro você baixa e instala o aplicativo Orb no computador que vai hospedar seus arquivos. Do seu telefone celular, você pode, então, entrar na conta no site Orb e acessar seus arquivos através de um sistema de pastas espartano, mas claro. Além de mostrar os arquivos de mídia no computador que você usa, o Orb mostra seu conteúdo (parte gratuito, parte pago) através de fornecedores como Audible e Beatport. A empresa planeja ganhar dinheiro vendendo conteúdo de clientes.

O Orb utiliza a potência de processamento do seu computador Windows host para escalar seu conteúdo de forma que o serviço possa transportá-lo pela rede que você está usando e o acomoda na tela do seu dispositivo portátil.

Problema que a Orb não é capaz de resolver: a qualidade de vídeo do serviço depende muito da largura de banda da rede que você está usando. Entretanto, assistir um vídeo em um notebook conectado a uma rede Wi-Fi 802.11g foi uma experiência muito boa – a imagem cai ou estremece ocasionalmente, mas não o suficiente para arruinar o show.

Já assistir a um vídeo no telefone celular Nokia, que usou a rede Cingular em São Francisco, foi frustrante. A imagem congelou muitas vezes e, quando o sinal caiu totalmente, tivemos de reconectar ao Orb e reiniciar o vídeo. Obviamente, esses problema não são exclusivos do Orb. Eles são comuns a muitos serviços que enviam stream de vídeo para o telefone celular através das redes wireless inadequadas de hoje.

Inconvenientes
Descobrimos algumas falhas no próprio serviço Orb: em primeiro lugar, alguns arquivos de áudio se recusaram a executar, embora estivessem em um formato suportado. Também não conseguimos ver TV em tempo real em uma máquina de teste porque ela possuía dois sintonizadores, e o Orb não conseguiu descobrir qual usar. Um porta-voz da empresa disse que o segundo problema seria resolvido por um futuro updade de software.

Não vale a pena dar ao trabalho de usar o Orb via rede de telefone celular, a menos que você tenha a sorte de morar em uma área onde haja um sistema muito veloz e confiável. Mas, se você tiver acesso a uma boa rede Wi-Fi e tempo para perder, é uma ótima maneira de transformar seu notebook em uma televisão, mostrar fotos ou ouvir sua própria música.

Orb
Fabricante: Orb Networks
Para que serve: streaming de mídia
Avaliação final: 8
Preço: gratuito
Onde encontrar: www.orb.com

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail