Home > Notícias

Pinnacle lança MediaCenter e atualiza softwares de edição

A Pinnacle Systems aproveitou a inauguração da sede carioca do Centro Cultural Pinnacle nesta terça-feira (05) para anunciar suas primeiras novidades no ano de 2005.

Guilherme Felitti

14/07/2005 às 16h05

Foto:

A Pinnacle Systems aproveitou a inauguração da sede carioca do Centro Cultural Pinnacle nesta terça-feira (05) para anunciar suas primeiras novidades no ano de 2005. O diretor da Pinnacle na América Latina, Jaime Paez, também comentou a aquisição da empresa americana pela Avid, ocorrida em março.

Localizado no bairro de Botafogo, o centro de treinamento carioca é o sexto da empresa no país e, segundo projeção do executivo, deve atender cerca de 3 mil alunos durante o ano de 2005 com seus cursos de Studio e Liquid Pro.

Os lançamentos imediatos introduzem interessantes atualizações nos dois principais softwares da empresa para edição de vídeo digital - o Studio e o Liquid. A linha Studio, com funcionamento mais simples e voltado para usuários finais, traz duas grandes novidades em sua versão 9.4: a inclusão de uma segunda trilha visual e o a compatibilidade com o padrão DivX. Com o primeiro, o usuário pode incluir efeitos como Chroma Key (popularmente conhecida como tela azul) e Picture in picture para exibição simultânea de dois vídeos.

Já o Liquid 6.1, indicado a videomakers profissionais, introduz novas ferramentas para efeitos em slow motion, exposição múltipla de imagem e equalização e separação de canais de som. O software também começa a trabalhar na nova versão com vídeo em alta definição (HDV).

Outra novidade é o PCTV Media Center, que congrega a placa PCTV, já lançada no Brasil, com um software de Media Center. O pacote estará disponível nos modelos 100i (interna - 400 reais) e 100e (externa - 500 reais). Paez, no entanto, garantiu que não há planos em vender o software separado para usuários que já possuam placa de captura.

"Teremos ainda muitos lançamentos durante o ano. No segundo semestre, deverá chegar uma versão "móvel" do Studio para celulares. O usuário filma e edita o vídeo em uma versão mais simples do software", adianta o executivo.

Paez também comentou que a aquisição da empresa pela Avid deverá ser aprovada ainda pelo governo americano e pelos acionistas até maio e não deve afetar a estrutura da Pinnacle na América Latina. "A Avid não tinha representação por aqui, por isso continuamos a cuidar tanto de uma como de outra".

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail