Home > Notícias

Software promete identificar P2P ilegal

Desenvolvido pela BayTSP, empresa de tecnologia norte-americana da cidade de Los Gatos, na Califórnia, o software FirstSource identifica os primeiros usuários que compartilham arquivos protegidos por direitos autorais nas redes ponto a ponto (P2P) eDonkey e Bit Torrent.

IDG Now

15/07/2005 às 15h29

Foto:

Desenvolvido pela BayTSP, empresa de tecnologia norte-americana da cidade de Los Gatos, na Califórnia, o software FirstSource identifica os primeiros usuários que compartilham arquivos protegidos por direitos autorais nas redes ponto a ponto (P2P) eDonkey e Bit Torrent.

Segundo a empresa, ao identificar os primeiros a oferecer conteúdo ilegal na rede é possível seguir todos os usuários subseqüentes que baixam ou compartilham um determinado arquivo. Testes iniciais do FirstSource indicam que as milhares de cópias de um filme disponíveis no eDonkey ou Bit Torrent podem ter sido introduzidas na Web por apenas uma fonte inicial.

A BayTSP declara que cópias piratas de filmes e softwares aparecem online poucas horas depois do lançamento oficial. Assim, a identificação e a punição dos primeiros a oferecer tais arquivos pode intimidar outros usuários.

As redes de compartilhamento eDonkey e Bit Torrent utilizam uma técnica chamada "swarming" (algo com "afluência popular", em português) que permite aos usuários baixarem partes dos arquivos de diversos usuários diferentes, simultaneamente. Logo que recebidas, estas partes também podem ser compartilhadas.

Quando um arquivo suspeito é identificado pelo FirstSource, um download é iniciado para a confirmação se o conteúdo é realmente ilegal. Se for detectado um arquivo protegido por direitos autorais, o software captura o endereço IP (Internet Protocol) da fonte inicial, além de informações sobre outros materiais ilegais.

O sistema também armazena partes dos arquivos ilegais em um banco de dados para serem usadas eventualmente como provas em julgamentos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail