Home > Notícias

Mediaidem lança CD de música personalizado

Quantas vezes você já comprou um CD por gostar de apenas uma ou duas músicas?

Daniel dos Santos

15/07/2005 às 12h22

Foto:

Quantas vezes você já comprou um CD por gostar de apenas uma ou duas músicas? Para resolver esse problema, a empresa Mediaidem lança até o final de fevereiro no Brasil o sistema Peg&Grav, no qual o usuário escolhe suas canções entre as 12 mil músicas disponíveis no servidor da loja e grava o CD na hora. Por faixa, o usuário deverá desembolsar cerca de um real. 

“Para o consumidor, a vantagem é poder montar o CD apenas com canções que realmente gosta. Já o vendedor não precisa lidar com problemas como estoque e roubo de mercadoria”, destaca Helio Thurler Junior, diretor de planejamento da Mediaidem. Inicialmente, serão cerca de 40 pontos de venda, começando por São Paulo. Nos meses seguintes, a empresa espera levar o sistema para Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo, além das regiões Sul e Nordeste.

Os planos da empresa não incluem, pelo menos por enquanto, o uso da internet. “Os custos de banda larga e as limitações tecnológicas inviabilizam isso”, afirma Carlos Antônio Schefer, diretor-presidente da Mediaidem, referindo-se à velocidade de download e a questões como segurança.

A idéia do CD customizado não é nova, sendo utilizada nos Estados Unidos e Europa e mesmo por outras empresas no Brasil. Porém, a Mediaidem pretende tornar a prática mais difundida entre os brasileiros.  Além de estabelecimentos como lojas de discos, livrarias e LAN Houses, o serviço estará presente em grandes redes de supermercados. “Nos primeiros meses de operação, temos contrato de exclusividade com o grupo Pão de Açúcar, mas já estamos negociando com Carrefour e Wall Mart”, destaca Thurler. Até julho, o sistema deve ser implementado em cerca de 110 lojas do Extra e do Pão de Açúcar, de acordo com o executivo.

Segundo Jorge Alberto Catino, diretor técnico da empresa, para se tornar um ponto de venda é necessário investir no mínimo 10 mil reais, valor que já inclui a licença do sistema, servidor com disco de 200 GB para armazenamento das canções e duas estações de trabalho. A Mediaidem cobra uma taxa de manutenção mensal de 50 a 80 reais e um porcentagem por canção vendida.
Entre as mais de 20 gravadoras que integram o portfólio do serviço estão Trama, Eldorado e Vison. Até o final de junho, a empresa espera fechar com Sony, EMI e Universal.

http://www.mediaidem.com.br

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail