Home > Notícias

Tire suas dúvidas sobre Apple e Intel

O anúncio de que a Apple vai deixar de fabricar a linha Macintosh com chips PowerPC, da IBM, para trabalhar com processadores Intel trouxe uma série de dúvidas para a comunidade de usuários de Mac.

Jason Snell

18/07/2005 às 12h03

Foto:

O anúncio de que a Apple vai deixar de fabricar a linha Macintosh com chips PowerPC, da IBM, para trabalhar com processadores Intel trouxe uma série de dúvidas para a comunidade de usuários de Mac.

Neste artigo, os leitores encontram respostas mais detalhadas sobre o acordo anunciado no dia 6 de junho.

O que, especificamente, a Apple anunciou?
Steve Jobs anunciou aos desenvolvedores da plataforma Mac que a Apple iniciaria uma transição dos chips Power PC, usados atualmente nos micros Macintosh, para processadores feitos pela Intel. Segundo Jobs, em junho de 2006 os primeiros Macs na plataforma Intel começam a chegar ao mercado. Em junho de 2007, a maior parte dos Macs estará na plataforma Intel e, no final de 2007, a linha Power PC deve ser encerrada.

Em 2006? Então por que a Apple anunciou isso agora?
Os desenvolvedores de softwares para Mac - aos quais foi direcionado o anúncio de Jobs - precisarão de tempo para assegurar que seus programas funcionarão em Macs baseados em chips Intel. Agora que os desenvolvedores possuem estas ferramentas, há uma boa chance de que os programas para micros com Intel estejam disponíveis quando os novos Macs chegarem ao mercado.

Por que a Apple fez isso?
Jobs disse que a companhia tomou sua decisão porque "quer fazer o melhor computador para seus clientes, olhando para o futuro." Ele citou que, em 2003, a empresa havia prometido lançar um Mac G5 com processador de 3 GHz em meados de 2004, uma promessa que ainda não foi cumprida.

O executivo também mencionou que a Apple também havia falhado em oferecer um PowerBook baseado no processador G5. Claramente, a empresa não ficou impressionada com o ritmo de desenvolvimento do processador pela IBM, que fabrica o chip G5.  E, segundo Jobs, a Apple acredita que, olhando para os futuros chips que devem ser desenvolvidos para os sistemas Apple, a Intel faria um progresso muito mais rápido do que a IBM.

Isso significa que a Apple terá de fazer uma nova versão do Mac OS X para Intel?
Sim, mas esta não é uma tarefa tão grande quanto parece. O sistema operacional OS X foi originado como um sistema que rodava nos processadores Motorola, que depois também rodavam em chips Intel. Sendo assim, desde o início, o OS X tem sido um sistema capaz de rodar em diferentes plataformas. Conforme Steve Jobs admitiu, a Apple criou uma versão Intel para cada versão do Mac OS X, somente para o caso de ter de migrar algum dia. O dia chegou, mas o grosso do trabalho já foi realizado.

Isso funcionará como a transição do OS9 para o OS X novamente?
É bem diferente. Para a maioria dos desenvolvedores, modificar seus softwares para rodar em processadores Intel será mais fácil do que fazer o software rodar nativamente no Mac OS X. Da perspectiva do usuário, no entanto, um sistema Mac baseado em Intel será parecido com um sistema Mac para PowerPC. O Mac OS X permanence o mesmo. Somente o processador de sustentação será diferente.

Isto afeta o software que eu já tenho? O que acontecerá com meu software se eu comprar um micro com chip Intel?
A Apple anunciou uma nova tecnologia, chamada Rosetta, que rodará programas para Power Mac em máquinas com Intel. No entanto, Segundo a documentação técnica da Apple, a Rosetta é compatível com aplicações clássicas (OS9) ou que demandam processadores G4 e G5.

A Rosetta funciona traduzindo códigos escritos para rodarem em chips PowerPC em códigos compatíveis com processadores Intel.

A maior parte dos programas comuns serão bem parecidos. Algumas aplicações que demandam uso intensivo de processamento, como games e renderizadores de imagens3D, provavelmente não serão. No próximo ano, acredito que a maior parte dos desenvolvedores fará a atualização de suas aplicações especificamente para rodar de forma eficiente usando Rosetta.

O usuário poderá identificar qual tipo de processador um programa suporta selecionando-o no Finder e escolhendo o recurso Get Info. Na seleção "More Info" da janela "Get Info" o usuário verá uma linha de Arquitetura, que listará Intel, Power PC ou ambos.

Eu terei de comprar versões novas dos meus softwares especificamente para que elas rodem em Macs com Intel?
Diferentes desenvolvedores vão lidar com isso de formas diversas. Uma companhia deve oferecer uma versão compatível com Intel como upgrade gratuito; outra de desenvolver esta versão em seu o próximo grande lançamento e o usuário terá de pagar por isso.

Por conta da abordagem "Binária Universal" da Apple, os desenvolvedores podem vir a oferecer um único programa que contém tanto as versões para Intel como para Power PC.

Quando trabalho será necessário para modificar um software de Mac?
Isso dependerá muito do programa. Os programas escritos usando os frameworks Apple Cocoa devem surgir rapidamente. Os programas escritos originalmente em OS9, que são amplamente utilizados no sistema de desenvolvimento Carbon, demandarão mais trabalho.

Mesmo assim, a maioria dos desenvolvedores com os quais conversamos disseram que estão otimistas e que a mudança para Intel não será um grande impedimento para eles. Isso quer dizer que estes desenvolvedores serão capazes de preparar versões de aplicativos para a plataforma Intel rapidamente.

Os Macs baseados em Intel também serão alvos de vírus e programas espiões como os PCs?
Essencialmente, não. Os vírus e softwares espiões (spywares) dos quais ouvimos falar atualmente são apenas ataques direcionados ao sistema operacional Windows, que rodam nos processadores Intel (e AMD).

Isto não significa que um Mac não pode ser infectado por vírus ou spywares. Hoje, o Mac está livre destas pragas virtuais porque é um sistema operacional mais seguro do que o Windows e porque é um sistema muito menos comum do que o Windows.

Atualmente, o Mac é uma alternativa para usuários de PCs porque é seguro, fácil de usar e oferece uma forma mais fácil de interagir com fotografias digitais, filmes, internet e e-mails. Mudar para processadores Intel não vai mudar nada disso.

Eu não deveria comprar nenhum Mac novo até que os Macs baseados em Intel cheguem?
A resposta depende das suas necessidades e qual sua configuração atual de Macs. Até o ano que vem, a Apple ainda vai lançar diversas atualizações em máquinas com PowerPC. Tenha em mente que a migração completa de PowerPC para Intel não ocorre antes de 2007. Se seu Mac é um pouco mais velho, você vai esperar até 2007 por um novo? Se você acabou de comprar um Mac hoje, tenha em mente que esse computador vai servi-lo por muitos anos e provavelmente não será obsoleto em curto prazo de tempo. Então, de novo, se seu Mac não lhe traz problemas hoje e você não sente a necessidade de um novo computador, pode valer a pena esperar pela troca de plataforma.

Quando os Macs com Intel forem lançados eu deveria ser um dos primeiros a comprar?
Você gosta de viver perigosamente? Então, quando os primeiros Macs com Intel aparecerem, eles não devem estar livres de instabilidades. Mas certamente, se até este período a maioria dos programas que você usa não existirem para a plataforma Intel, talvez um Mac mais pareça realmente mais lento.

Como os micros Intel serão comparados aos Macs PowerPC em termos de desempenho?
Nós não sabemos ainda. No entanto, lembre-se que, se a Apple não vai lançar nenhum Mac com Intel até 2006, os modelos de chip Intel que são oferecidos hoje podem não ter, necessariamente, os mesmos modelos, velocidades ou pertencerem às mesmas famílias da linha Macintosh. Temos que esperar para ver.

Isto significa que a Apple está abandonando seu compromisso com a arquitetura de 64 bits?
Não há nada específico sobre isso ainda, mas parece bem improvável que a Apple dê as costas aos chips de 64 bits. A Intel oferece microprocessadores de 64 bits e é quase impossível conceber que a Apple dará um passo pra trás nesta área.

Isto poderia levar à oferta de Macs mais baratos?
É possível, dependendo de quais partes do sistema a Apple adquirir da Intel e de quanto elas custarão. Mas tenha em mente que a Apple não está fazendo um clone de PC barato. A empresa continuará fabricando Macs e as vendas do hardware ajudarão a sustentar o desenvolvimento do mac OS X.

Qualquer PC poderá rodar o Mac OS X para Intel?
A Apple diz que não. Nosso palpite é que algum hacker pode começar a trabalhar nosso, mas esperamos que, se alguém conseguir rodar um OS X em um hardware de PC, seja um processo trabalhoso, e o resultado não deve ser um sistema estável.  Certamente, o usuário não poderá comprar um Mac OS X, instalá-lo em uma máquina Dell e ver o sistema funcionar. A Apple quer que o Mac OS X rode somente no hardware da empresa.

Os micros Mac com Intel poderão rodar Windows?
Isto parece provável, embora a Apple não apóie essa idéia. Provavelmente alguém encontrará uma forma de instalar o Windows em um Mac para que o usuário escolha entre o sistema operacional da Microsoft e o Mac OS X. Além disso, vale considerar a futura versão do Virtual PC, que permite ao usuário rodar aplicações de PC com alta velocidade em uma janela do Mac ou em um segundo monitor. Existem algumas possibilidades intrigantes para usuários de Mac que precisam usar aplicações em Windows algumas vezes.

Se todos os Macs um dia forem capazes de rodar Windows, os desenvolvedores de aplicações não irão parar de criar versões de seus programas para Mac?
É possível, mas não provável. Os usuários de Mac usam Mac porque querem que seus softwares rodem na interface Mac. A maioria das empresas que distribuem programas para Macintosh entendem isso. Eu lhe diria que a média dos desenvolvedores que se comprometem com a bandeira Mac serão os mais preocupados com esta questão, mas honestamente, a transição para o Mac OS X já fez com que muitos deixassem o mercado Mac.

A Apple costumava criticar os chips da Intel. O que mudou?
Os chips da Intel evoluíram. Hoje ela é uma grande empresa que dedicou recursos massivos na melhoria de sua tecnologia de processamento. A fabricante também foi estimulada pela concorrência acirrada de outra fabricante de chips, a Advanced Micro Devices (AMD). Agora, claramente, a Apple sente que o futuro da arquitetura de processamento da Intel é brilhante. Caso contrário, não estaríamos onde estamos hoje.

Leia Também

Apple anuncia migração para arquitetura Intel
Apple confirma mudança de PowerPC para Intel
Firefox cresce novamente e reduz vantagem do IE
Nokia faz parceria com Apple para código aberto

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail