Home > Dicas

As tecnologias quentes: REDES SEM FIO: A sopa de letrinhas do padrão 802.11

As redes sem fio estão apenas na infância.

PC World

18/07/2005 às 15h57

Foto:

REDES SEM FIO: A sopa de letrinhas do padrão 802.11


As redes sem fio estão apenas na infância. O sucesso do protocolo 802.11b em 2002 pode ter sido apenas um prelúdio para a grande explosão prevista para o ambiente sem fio no segundo semestre deste ano, quando serão lançados os produtos baseados nos três novos padrões 802.11. No fim do ano passado presenciamos o lançamento dos primeiros produtos compatíveis com a especificação 802.11a, com velocidade máxima de transmissão de 54 Mbps (em teoria, a velocidade máxima do 802.11b é 11 Mbps). Prepare-se para três novas letras no ambiente sem fio em 2003: 802.11e, 802.11g e 802.11i (veja quadro abaixo). O primeiro desses padrões, 11e, traz acréscimos ao 802.11a e b (assim como ao g) para aprimoramento da qualidade de voz, vídeo e outras transmissões de mídia. O padrão 11g é executado a uma taxa de 54 Mbps do 802.11a, mas possui compatibilidade retroativa com os produtos 802.11b. Finalmente, o 11i melhora o protocolo de segurança sem fio WEP (Wired Equivalent Privacy), método de encriptação projetado para fornecer a segurança “equivalente” disponível, acrescentando o padrão Enhanced Security Network de 128 bits, que utiliza o novo algoritmo Advanced Encryption Standard.

Padrões 802.11 Características
802.11aVelocidade máxima de 54 Mbps; incompatível com 802.11b
802.11bVelocidade máxima de 11 Mbps; popular em redes domésticas e de pequenas empresas
802.11eMelhora a transmissão de vídeo e áudio em redes 802.11a, b ou g
802.11gNovo padrão com velocidade máxima de 54 Mbps; compatível com 802.11b
802.11iCom criptografia avançada de 128 bits para redes 802.11a, b ou g

Os últimos retoques dos padrões e, g e i devem ser finalizados neste início de ano, mas alguns fabricantes como a Cirrus Logic, com sua iniciativa WhiteCap2, estão tomando a dianteira já oferecendo suas próprias soluções de segurança e de qualidade de sinal. Antes de comprar um novo sistema sem fio, lembre-se que enfoques proprietários podem não ser compatíveis com os novos padrões.

Leia Também

As tecnologias quentes em 2003
As tecnologias quentes: Câmeras digitais
As tecnologias quentes: Dispositivo de entrada de dados
As tecnologias quentes: Monitores
As tecnologias quentes: Áudio/vídeo
As tecnologias quentes: Pacote de produtividade
As tecnologias quentes: Storage para notebook
As tecnologias quentes: Handhelds
As tecnologias quentes: Portáteis
As tecnologias quentes: Tendência
As tecnologias quentes: Bluetooth
As tecnologias quentes: Jogos para PCs
As tecnologias quentes: Tablets PCs
As tecnologias quentes: Tendência
As tecnologias quentes: PROCESSADORES: A Ferramenta Clawhammer
As tecnologias quentes: Storage Óptico: DVDs com gigabytes
As tecnologias quentes: Placas Gráficas: A guerra dos gráficos em 3D
As tecnologias quentes: Mercado: O que vem por aí
As tecnologias quentes: TENDÊNCIA: A web não sai ilesa
As tecnologias quentes: Tendência: o fim das portas e drives

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail