Home > Dicas

As tecnologias quentes: PROCESSADORES: A Ferramenta Clawhammer

A bem-sucedida linha Athlon da AMD deve passar por grandes mudanças em 2003.

PC World

18/07/2005 às 16h08

Foto:

PROCESSADORES: A Ferramenta Clawhammer


A bem-sucedida linha Athlon da AMD deve passar por grandes mudanças em 2003. Em sua incessante disputa com a Intel, a fabricante criou um superchip, totalmente novo, denominado Clawhammer, que substituirá o Athlon XP no início deste ano. Além dos habituais aperfeiçoamentos – maior velocidade de clock, melhor acesso à memória e desempenho geral mais rápido – o novo chip ainda guarda uma carta no bolso: será o primeiro processador de 64 bits para PCs desktop.

Por que a AMD acha que você precisará de 64 bits? Uma das razões chama-se memória: uma CPU de 32 bits pode endereçar até 4 GB de memória – bem mais do que o suficiente para os atuais PCs desktop. Mas os servidores já estão atingindo esse limite e a AMD aposta que os atuais desktops de 1 GB irão se transformar nos sistemas de 4 GB no futuro próximo.

Além disso, grande parte dos benefícios que as CPUs de 32 bits podem oferecer vem do fato de poderem executar um sistema operacional de 32 bits, com seus drivers e aplicações compatíveis. A Microsoft ainda não divulgou nenhum plano para o lançamento de um sistema operacional de 64 bits para o Clawhammer, por isso ninguém sabe ao certo quando essa transição irá ocorrer. Felizmente, o Clawhammer é compatível com as aplicações de 32 existentes.

Leia Também

As tecnologias quentes em 2003
As tecnologias quentes: Câmeras digitais
As tecnologias quentes: Dispositivo de entrada de dados
As tecnologias quentes: Monitores
As tecnologias quentes: Áudio/vídeo
As tecnologias quentes: Pacote de produtividade
As tecnologias quentes: Storage para notebook
As tecnologias quentes: Handhelds
As tecnologias quentes: Portáteis
As tecnologias quentes: Tendência
As tecnologias quentes: Bluetooth
As tecnologias quentes: Jogos para PCs
As tecnologias quentes: Tablets PCs
As tecnologias quentes: Tendência
As tecnologias quentes: Storage Óptico: DVDs com gigabytes
As tecnologias quentes: REDES SEM FIO: A sopa de letrinhas do padrão 802.11
As tecnologias quentes: Placas Gráficas: A guerra dos gráficos em 3D
As tecnologias quentes: Mercado: O que vem por aí
As tecnologias quentes: TENDÊNCIA: A web não sai ilesa
As tecnologias quentes: Tendência: o fim das portas e drives

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail