Home > Dicas

Tabela com as temperaturas máximas de trabalho de processadores

Gostaria de ter uma tabela com as temperaturas máximas de trabalho de processadores como o K6-2 de 550 MHz e o Pentium III de 600 MHz e, se possível, dos demais chips dessas duas marcas.

PC World

18/07/2005 às 17h50

Foto:

Gostaria de ter uma tabela com as temperaturas máximas de trabalho de processadores como o K6-2 de 550 MHz e o Pentium III de 600 MHz e, se possível, dos demais chips dessas duas marcas.
Serguei Sidorenko
sidorenko@bol.com.br
 
As tabelas seriam muito extensas para publicar na revista, pois além de englobar as diversas freqüências para cada processador, existem versões diferentes do mesmo modelo. Saber a temperatura máxima de um processador K6, K6-2 ou K6 III é fácil. Basta observar o sufixo indicado na sua parte superior. Você encontrará valores como AHX, AFR, AFQ, etc. A segunda letra indica a tensão interna: F = 2,2 volts G = 2,3 volts H = 2,4 volts A terceira letra indica a faixa de temperatura: Q = 0°C a 60°C R = 0°C a 70°C X = 0°C a 65°C Processadores Duron suportam temperatura interna (DIE) de 90 graus, mas existe aqui uma diferença importante. A temperatura indicada para o K6-2 é medida na carcaça externa e não no interior do núcleo (que é mais elevada). Portanto, a temperatura na carcaça do Duron deve ser menor. Isso pode ser conseguido mantendo a temperatura da carcaça, no máximo, em torno de 70 graus, o mesmo índice válido para o Athlon. Processadores Pentium III e Celeron suportam temperaturas internas de 70 a 85 graus, dependendo da freqüência. O Pentium III/600 FC-PGA (para soquete 370) opera, no máximo, a 82 graus e o modelo de cartucho aceita no máximo 75 graus. Note que essa é a temperatura externa da carcaça. Como o modelo FC-PGA não tem carcaça, a temperatura é medida em um ponto mais próximo do núcleo, sendo, portanto, mais elevada. Por isso, é necessário que o modelo FCPGA use um bom dissipador de calor. O ideal é fazer o download do manual do processador de seu interesse, nos sites dos fabricantes (www.intel.com e www.amd.com). Seja qual for seu caso, os processadores modernos necessitam de coolers bem grandes, maiores que os utilizados há poucos anos atrás.
 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail