Home > Notícias

Tiger cumpre o que promete

Agora que o Tiger chegou, uma pergunta não quer calar:o release mais novo do Mac OS X da Apple vale 450 reais? A resposta é sim.

pc world

18/07/2005 às 11h11

Foto:

Agora que o Tiger chegou, uma pergunta não quer calar:o release mais novo do Mac OS X da Apple vale 450 reais? A resposta é sim. Os aprimoramentos não são apenas cosméticos. Novos recursos, como a ferramenta de busca no desktop, são poderosos a ponto de mudar o modo como você usa seu computador. Segundo a Apple, o Tiger deverá rodar em qualquer Mac G3, G4 e G5 com porta FireWire. Sua instalação tanto em um PowerBook 867 MHz antigo quanto em um PowerBook de 1,67 GHz mais novo levou aproximadamente uma hora.

O recurso inovador do OS X 10.4 é o Spotlight. Esta ferramenta de busca esquadrinha arquivos, pastas, e-mails e aplicativos e depois exibe os resultados organizados por categoria. Na primeira vez que você usa o Spotlight, o Mac precisa de 15 a 30 minutos para indexar seu conteúdo. Depois, o sistema indexa arquivos constantemente em segundo plano. O Spotlight é veloz e suas buscas podem aprofundar-se, o que o torna superior ao antigo Finder e às buscas no Windows. O Spotlight pesquisa conforme os critérios usuais (arquivo, nome, palavras-chave), mas também por uma variedade atordoante de parâmetros mais abrangentes, como taxas de bits de áudio, codecs, abertura fotográfica e tipo de criptografia. As pesquisas podem ser salvas em Smart Folders e atualizadas continuamente. O único senão é que não faz buscas no Microsoft Entourage, o que é um contratempo, já que ninguém usa o Apple Mail.

Provavelmente você achará outros acréscimos úteis, entre eles os novos widgets Dashboard, miniaplicativos que agregam informações como cotações e boletins meteorológicos, e o aprimoramento da mensagem instantânea com o iChat AV, que agora suporta o protocolo de comunicação Jabber e permite conversas de áudio entre dez pessoas e videoconferências entre quatro pessoas. Você só precisa de pelo menos um Power Mac G5 ou G4 de 1 GHz dual e uma conexão com a internet de 384 kbps para iniciar uma videoconferência. Você também precisa de um Apple iSight ou de uma filmadora DV conectada à porta FireWire. Fãs do Really Simple Syndication vão gostar do update para o browser Web Safari, que agora suporta feeds RSS para leitura de blogs e notícias. Com o novo aplicativo Automator, o Tiger facilita  trabalhos com ações repetitivas, como importação de fotos em lotes (- batch). Ele é um pouco diferente do AppleScript e foi projetado para ser mais fácil de usar, embora no curto período de teste não tenha produzido resultados muitos frutíferos. Na verdade, o Automator tem uma curva de aprendizado. A Apple inclui 175 ações prontas e há mais disponíveis na página de downloads da empresa e em sites de  terceiros.

Em resumo, o Mac OS X Tiger é um salto de gigante sobre seu predecessor, o Panther. Nos testes, mostrou-se estável e relativamente livre de bugs, e sua performance foi excelente. Os recursos Spotlight e Smart Folders valem o preço do upgrade. Se você não concorda, leitores de RSS e widgets estão disponíveis
por aí e sempre há o AppleScript como alternativa mais técnica ao Automator.

APPLE MAC OS X TIGER (VERSÃO 10.4)
Fabricante:
Apple
Para que serve: sistema operacional para qualquer Mac G3, G4 e G5 com porta FireWire
Pontos fortes: nova ferramenta de busca integrada torna-o obrigatório para usuários de Mac
Pontos fracos: alguns recursos, como o Automator, têm uma curva de aprendizado Novos recursos: 9,5
O Spotlight muda a forma de trabalho no computador
Desempenho: 9,0
É estável e tem desempenho excelente
Facilidade de uso: 8,0
No geral é bom, mas alguns recursos exigemum período de treinamento
Avaliação final: 9*
Preço: R$ 450
Onde encontrar: Apple – (11) 5503-0090 e 0800– 127753 www. apple.com/br/ondecomprar

*Média ponderada considerando os seguintes itens e pesos: recursos (40%);desempenho (40%) e facilidade de uso (20%)

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail