Home > Dicas

Linux egoísta

Digitar o nome e a senha do usuário não faz muito sentido se você for o único que utiliza o sistema. Veja como abrir uma sessão no Linux automaticamente.

PC World

19/07/2005 às 17h16

Foto:

Quando você inicializa o Linux, surge na tela um prompt de login em um console virtual pedindo para digitar o nome e a senha do usuário. Contudo, isso não faz muito sentido se você for o único que utiliza o sistema.

O método descrito a seguir abre uma sessão no Linux automaticamente, depois que você instalar um programa e alterar algumas linhas no arquivo /etc/inittab.

Durante o boot do Linux, o kernel cria o processo init; todos os outros processos são criados por ele ou por um descendente do init. No arquivo /etc/inittab, existem instruções para iniciar outros processos executando o programa getty, uma para cada console virtual, que é especificada pelo nome da porta respectiva, por exemplo /dev/tty5. O programa getty abre um terminal específico como entrada, saída e arquivos de erros padrão para o processo.

Na seqüência, surge no terminal o prompt de login. Depois de ter a resposta do usuário, o getty executa o programa login, que então solicita a senha e a confere e, em caso de corresponder, executa o programa shell.

O getty pode ser substituído no inittab por outro programa qualquer. A idéia, então, é criar um programa, por exemplo, qlogin, disponível em ftp://ibiblio.org/pub/Linux/system/misc. No inittab, a linha alterada ficaria assim: respawn:/sbin/qlogin /dev/tty5 joao. O respawn diz ao sistema que o init deve criar um novo processo, caso o anterior seja finalizado. Para testar, recomendamos que a alteração seja feita inicialmente em apenas um console virtual, para que você tenha outros disponíveis no caso de problemas. Uma tentativa pode ser feita apenas inovando o qlogin de um prompt do shell, como os mesmos argumentos presentes no inittab.

 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail