Home > Dicas

O que cada tecnologia oferece

Dos equipamentos baratos às lasers monocromáticas e coloridas, impressoras diferentes são projetadas para executar tarefas distintas. Confira o comparativo entre elas, recurso por recurso

24/09/2005 às 18h21

Foto:

Para a maioria das pessoas, a escolha de uma impressora envolve equilibrar preço, velocidade e qualidade de impressão. Mas, à medida que os modelos evoluem, os fabricantes se diferenciam de outras maneiras. As impressoras a jato de tinta, junto com as câmeras digitais, estão mudando o modo como imprimimos fotografias. Carregadas com tintas e papéis especiais para fotos, as impressoras inkjet se tornaram uma das melhores opções para transformar uma imagem digital em uma fotografia.

A amplitude de recursos é um grande atrativo de venda das lasers monocromáticas. Sua qualidade de texto é tão boa e uniforme que as amostras de geradas são quase indistinguíveis. É uma boa notícia para escritórios com grande volume de trabalho – graças a bandejas de papel extras e mais memória, por exemplo, as lasers podem imprimir com maior eficiência; elas também vêm com drivers mais capazes e simplificam o gerenciamento remoto. À medida que o preço das lasers coloridas cai, mais usuários podem dar-se ao luxo de acrescentar cor a documentos no escritório. As lasers coloridas mais baratas que vimos até agora custam cerca de 2.000 reais.

Recursos principais
Velocidade: A guerra de marketing entre fabricantes de impressoras se acirrou a ponto de gerar índices de velocidade de impressão totalmente sem sentido. Os fabricantes freqüentemente citam índices baseados apenas na impressão de documentos de texto muito simples ou em modo draft, e alguns não incluem o tempo que o PC leva para enviar um trabalho à impressora. Em qualquer caso, as velocidades apresentadas são, com freqüência, duas, três ou até mais vezes superiores às velocidades que você verá na impressão no mundo real. Na lista dos modelos mais rápidos oferecidos a jato de tinta, as velocidades de impressão de texto apresentadas variam de 5,2 a 21 páginas por minuto. Nos nossos testes, porém, as velocidades de texto reais variaram de apenas 1,9 a 7,2 ppm. Da mesma forma, os fabricantes relataram velocidades gráficas de 2,2 a 15 ppm, enquanto nos testes verificamos de 0,5 a 1,5 ppm.

Os fabricantes de impressoras laser monocromáticas e coloridas também fazem promessas ilusórias, mas você obterá velocidades mais altas. Nos nossos testes, as lasers monocromáticas imprimiram textos entre 10 e 18 ppm; já as coloridas geraram documentos com velocidade aproximadamente um terço mais lenta, de 7 a 12 ppm. Em gráficos, as velocidades de impressão das lasers coloridas variaram de 1 a 3 ppm – oito vezes abaixo do anunciado.

Qualidade de impressão: Quase todas as lasers monocromáticas e coloridas imprimem texto com muita nitidez. As lasers coloridas imprimem bem gráficos coloridos e outras imagens bidimensionais, mas não se igualam às inkjets em fotografias. Por outro lado, embora as fotos com impressoras a jato de tinta sejam lindas, principalmente sobre papel couchê, a maioria das inkjets gera texto não muito preciso e serrilhado. Além disso, não reproduz detalhe fino em line art ou gráficos.

Resolução: As impressoras a jato de tinta, em geral, têm resolução colorida máxima de 2.400 por 1.200 pontos por polegada (dot per inch – dpi); modelos mais novos oferecem 4.800 por 200 dpi. Mas, mesmo que você planeje imprimir uma fotografia full-color 8 por 10, é improvável que você veja qualquer aprimoramento quando ultrapassar 1200 por 1200 dpi, que qualquer inkjet no mercado oferece. Além disso, muitas impressoras usam software para interpolar uma imagem e para suavizar trechos de cor, preencher vazios e dar nitidez a seções mais detalhadas. Estes aprimoramentos afetam a qualidade de impressão tanto quanto a resolução da impressora. A melhor maneira de determinar a qualidade de impressão não é ler as especificações de resolução, mas imprimir uma amostra e julgar por si mesmo.

As lasers monocromáticas normalmente têm resolução máxima de 600 por 600 dpi ou 1.200 por 1.200 dpi, e as lasers coloridas, em geral, oferecem resolução colorida máxima de 1.200 por 1.200 dpi ou 2.400 por 1.200 dpi. Até mesmo estas resoluções razoavelmente modestas para lasers bastam para imprimir texto nítido e gráficos simples.

Custo por página: Em relação às inkjets, o custo da tinta tem o impacto maior sobre o custo geral da impressora ao longo do tempo. Os fabricantes costumam cobrar de 30 a 115 reais por um cartucho de três cores e 20 a 98 por um cartucho preto separado. Normalmente, quanto mais barato o cartucho, menos tinta ele acomoda; o rendimento varia de cerca de 300 a 800 páginas por cartucho. Testes de PC WORLD com cartuchos individuais mostram que uma página de texto em preto pode custar de 24 a 38 centavos e uma página colorida, entre 10 e 28 centavos. Muitos fabricantes disponibilizam cartuchos de maior capacidade; embora mais caros, eles contêm o dobro do volume de tinta e, portanto, custam menos por página. Canon, Epson e HP vendem modelos com cartuchos individuais para cada cor ao invés de um cartucho para todas as três cores. Você vai economizar pequenos volumes de tinta trocando cartuchos um de cada vez, mas cartuchos individuais custam alguns reais a mais e, portanto, por página, custam praticamente o mesmo.

Os cartuchos para as lasers monocromáticas e coloridas custam de 3 a 16 centavos por página de texto em preto, mas as lasers coloridas possuem cartuchos de toner separados para cada cor, podendo custar 716 reais cada (menos para preto). Porém, mesmo com um custo muito alto, para grandes  volumes de impressão o custo por página dos cartuchos da laser colorida é inferior ao da cor de uma inkjet, porque o rendimento é muito mais elevado, entre 6.000 e 12.000 páginas.

Recursos: Quase todas as inkjets possuem as mesmas características: uma bandeja de papel que acomoda 100 ou 150 folhas e 10 envelopes, memória buffer mínima e nenhuma opção de rede. Alguns fabricantes, entretanto, fornecem inkjets voltadas para empresas que incluem capacidades mais altas, bandejas de papel opcionais, rede Ethernet ou wireless 802.11b e mais memória.

Em geral, as impressoras laser têm mais recursos e opções do que as inkjets. As lasers monocromáticas aceitam de 150 a 700 folhas e os modelos corporativos, com freqüência, acomodam 600 folhas standard; as lasers coloridas aceitam de 200 a 1.200 folhas. Você pode acrescentar bandejas para 5.000 folhas. A maioria das lasers corporativas inclui pelo menos 8 MB de RAM, com opções de expansão que possibilitam quatro ou cinco vezes este volume para enfileirar múltiplos trabalhos de impressão simultaneamente (em um escritório com trabalho intenso, a laser deve ser equipada com pelo menos 32 MB); algumas oferecem discos rígidos opcionais que você pode usar para salvar formulários complexos e outras imagens pré-processadas ou armazenar senhas de trabalho de impressão confidenciais; todas têm adaptadores Ethernet como padrão ou opcionais.

Impressão de fotos: Algumas inkjets com qualidade fotográfica incluem recursos extras, como uma porta USB dedicada para conectar a câmera digital diretamente à impressora; slots para cartões embutidos, que permitem plugar o cartão de armazenamento e apertar um botão para impressões instantâneas;  menu LCD para selecionar impressões; cada uma destas opções significa que você não precisa passar por um PC. Essas impressoras podem produzir belas fotografias coloridas. Mas não exclua as inkjets multifuncionais, que também podem servir muito bem como impressoras de foto. Se você mudar as configurações no driver para o modo Best ou Photo e usar papel fotográfico premium, muitas impressoras baratas, abaixo de 300 reais, podem imprimir fotos com alta qualidade.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail