Home > Notícias

Big brother no escritório

Programas permitem controlar atividades dos funcionários e restringir o acesso a sites, e-mails e mensagens instantâneas

Daniel dos Santos

25/09/2005 às 22h36

Foto:

Big Brother no escritorioDurante a elaboração daquele relatório importantíssimo ou a redação de uma proposta comercial que pode salvar a vida da empresa, o funcionário pára para saber o resultado do jogo de futebol na internet, lê piadinhas no e-mail e ainda aproveita para jogar conversa fora pelo MSN Messenger. Outro envia imagens eróticas pelo endereço eletrônico da empresa. Insatisfeito com o trabalho, um terceiro empregado manda arquivos confidenciais da companhia para um concorrente.Como saber se uma dessas práticas geradoras de perda de produtividade ou fonte de problemas jurídicos não acontece neste momento em sua empresa? Somente com a adoção de soluções que permitam monitorar o uso dos computadores. 

“É possível controlar as informações da empresa sem ferir a privacidade”, afirma Fernando Neves, diretor-geral da Gaia Informática, empresa que tem em seu portfólio soluções destinadas a monitorar o fluxo de mensagens eletrônicas e o acesso à internet, como o WebMarshall. Com ele, além de gerar relatórios de atividades, o administrador da rede consegue bloquear a visita a sites indevidos, determinar o tipo de arquivo, o tamanho do download que cada usuário pode realizar e até mesmo restringir o horário que um empregado pode se conectar à internet. 

Para o controle de mensagens eletrônicas, os programas SecuriQ e o MailMarshall incluem funções para a filtragem de e-mails por palavra, contexto e tipo de arquivo anexado, impedindo a entrada e a saída de dados não autorizados. Segundo Neves, o primeiro deles é destinado a servidores Exchange ou Domino, enquanto que o MailMarshall tem versões SMTP e Exchange. Por conta do crescimento na demanda por esse tipo de solução, a Gaia pretende lançar em breve um pacote para pequenas empresas que incluirá sugestão de política de uso de e-mail e software de monitoramento, com opções a partir de 25 usuários e preços mensais inferiores a 350 reais. 

Navegação vigiada

ProdutoFabricantePreço (R$)Onde encontrar
WebMarshallNetIQA partir de 40 por usuárioGaia Informática (11) 3156-9696 www.gaia.inf.br
WebSpyWebSpy4.700 (ilimitado)Heniq Net (31) 3484-4545 heniq.net
Trauma Zero*iVirtuaCada módula custa aproximadamente 70 por estaçãoiVirtua (11) 3541-2656 www.ivirtua.com.br

* Controla os softwares utilizados e o uso da rede

O fluxo de e-mails também é o alvo do MailDetective, distribuído pela empresa Heniq Net. Desenvolvido para o servidor de correio eletrônico MDaemon, o produto emite relatórios com dados que possibilitam saber com quem o funcionário está trocando mensagens, qual o volume de textos pessoais e profissionais gerado por ele e o tipo de arquivo enviado ou recebido. “Com os relatórios de uso, os gerentes podem saber se seus funcionários utilizam o e-mail de maneira adequada”, afirma Flavio José Ferreira, diretor executivo da Heniq Net. Para quem procura uma solução que vai além do monitoramento do correio eletrônico, a empresa oferece a linha de produtos WebSpy, como o módulo Sentinel, que registra os logs de acesso à internet e o conteúdo das páginas visitadas, além de mostrar quais arquivos foram baixados pelos funcionários. 
 
Como parte de seu pacote para administração de ambientes de TI Trauma Zero, a empresa iVirtua Solutions oferece vários módulos direcionados para o monitoramento de estações. O Tz0 Productivity and Software Metering, por exemplo, gera relatórios sobre o uso de programas pelos usuários. Assim, é possível saber qual empregado passa maior tempo em softwares de mensagens instantâneas, quem costuma acessar páginas não autorizadas e até mesmo o tempo de interação com documentos do Word. “Além de medir a produtividade dos funcionários, é possível saber se um determinado software que representa custo para a empresa está sendo realmente utilizado”, explica Marcos Mylius, diretor de operações da iVirtua. O tráfego de dados pode ser verificado com a ferramenta Tz0 Sniffer Rescue, que rastreia, analisa e reconstrói os dados que circulam pela rede da empresa, além de mostrar o quanto ferramentas como o Kazaa consomem do link da rede. Além de controlar o fluxo de mensagens, a ferramenta Tz0 E-mail Warp, por sua vez, inclui recursos que comprimem automaticamente os arquivos anexados enviados pelos usuários, diminuindo o consumo de banda. Os módulos da iVirtua podem ser adquiridos separadamente. 

Ao contrário de outras soluções da categoria, o Velop Escudo, da Inova, não exige a instalação de programas ou mesmo o uso de hardware específico.  Ele é comercializado na forma de um serviço, com assinatura mensal. O fluxo de mensagens eletrônicas é direcionado ao data center da Inova, onde a ferramenta faz a análise de seu conteúdo. “Não há lentidão nesse processo”, garante Alexandre Alvim, presidente da companhia. Segundo o executivo, caso o cliente queira, também é possível instalar o Velop Escudo em sua empresa, com o pagamento de uma taxa de instalação e custos com equipamentos. A solução oferece acesso ao conteúdo das mensagens inadequadas, selecionadas com a checagem de palavras como sexo ou MP3, e permite restringir o uso do correio eletrônico, impedindo que um funcionário envie, por exemplo, uma mensagem para mais de 20 destinatários. Além disso, inclui filtros para spam e combate a vírus.

Correio eletrônico só para o trabalho

ProdutoFabricantePreços (R$)Onde encontrar
E-mail WarpiVirtua Solutions70 por estaçãoiVirtua (11) 3541-2656 www.ivirtua.com.br
MailDetectiveADVSoftA partir de 646,22 (para 25 usuários)Heniq Net (31) 3484-4545 heniq.net
MailMarshallNetIQA partir de 40 por usuárioGaia Informática (11) 3156-9696 www.gaia.inf.br
SecureIQGroup TechnologiesA partir de 40 por usuárioGaia Informática (11) 3156-9696 www.gaia.inf.br
Velop EscudoInovaA partir de o,80 por mês por usuárioInova (11) 5049-1234 www.inova.com.br

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail