Home > Notícias

China aumenta controle sobre notícias na web

O governo chinês anunciou um novo conjunto de regras para aumentar o controle das notícias publicadas na internet, mas não ficaram claros quais serão os efeitos imediatos da nova regulamentação

IDG Now!

26/09/2005 às 17h05

Foto:

O governo chinês anunciou neste domingo (25/09), um novo conjunto de regras para aumentar o controle das notícias publicadas na internet, mas não ficaram claros quais serão os efeitos imediatos da nova regulamentação.

A nova legislação substitui as regras anunciadas em 2000 e passa a vigorar imediatamente, segundo a agência chinesa Xinhua News Agency publicou em seu site.Desenvolvidas pelo Ministério da Indústria de Informação da China e pelo Conselho de Estado, as novas regras encorajam os sites a publicar notícias "saudáveis" e promover progresso econômico e social.

De acordo com o jornal Shanghai Daily, sites que publicarem notícias "falsas ou distorcidas" serão multados em cerca de 3,7 mil dólares, pela nova regulamentação. Segundo observadores, a aplicação de leis governamentais nem sempre é consistente, e pode variar de acordo com prioridades políticas, portanto é difícil saber quais será o impacto imediato da nova legislação.

A leitura de notícias é a segunda atividade online mais popular no país, atrás apenas de acesso a e-mail, de acordo com o instituto de pesquisas China Internet Network Information Center (CNNIC). Uma pesquisa de julho mostra que 79,3% dos 103 milhões de usuários de internet chineses lêem notícias online. Em contrapartida, 57,2% dos usuários chineses afirmaram navegar por outros conteúdos de internet, enquanto 91,3% disseram utilizar e-mail.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail