Home > Notícias

Precisa escolher um sistema operacional? Que tal o Linux?

As experiências com o software de código aberto vão do entusiasmo à total decepção

Daniel dos Santos

27/09/2005 às 15h16

Foto:

Linux naoNÃO, OBRIGADO
Ericson Cernawsky Igual, sócio da loja de equipamentos para esportes de aventura Alpimonte, de São Paulo, não guarda boas recordações de sua relação com o mundo do software livre. Profissional com conhecimentos medianos de informática, ele foi convencido por um ex-sócio, há cerca de três anos, a migrar as cinco máquinas de sua antiga empresa para Linux e outros programas de código aberto. “Meu ex-sócio disse que era mais barato e seguro”, lembra Igual. Acostumado com o Windows e o pacote de programas Office, tudo para Igual ficou mais difícil. “Perdi muito em termos de produtividade, pois não conseguia realizar as tarefas com a mesma rapidez. Até para abrir um arquivo ou salvar informações em um disquete era mais complicado!”, afirma. Depois de muitas brigas, ele resolveu a questão: deixou a empresa e o Linux para trás.

ESTOU NESSA!
Linux simHá um ano e meio, a Holtermann Brindes, de São Paulo, tinha sérios problemas de organização das informações. “Realizar o backup era um processo extremamente complicado”,lembra Valter Holtermann Simonato, diretor da empresa de 25 funcionários. Os dados dos clientes, por exemplo,estavam distribuídos em diversos computadores. A empresa resolveu, então, adotar o Windows 2000 em um servidor. “O problema é que esse sistema operacional travava com freqüência”, diz. A solução? Trocar o sistema. A Holtermann avaliou os preços de licença do Windows 2003 para o servidor e 12 estações, além do hardware para suportar a nova plataforma. Feitas as contas, a migração custaria 15 mil reais. “Optamos pelo Linux, que exigiu uma máquina menos potente e dispensou o custo de licença”, afirma Holtermann, que contou com a consultoria da Linux Company. Com essa decisão, a empresa economizou 7 mil reais. “E os problemas técnicos foram reduzidos sensivelmente”, completa.

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail