Home > Notícias

Microsoft deve perder briga em patente do IE

Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos reconfirmou uma patente registrada pela Eolas

IDG Now!

30/09/2005 às 16h43

Foto:

Esta semana, a Microsoft sofreu novo revés em uma briga pela patente de uma tecnologia utilizada no Internet Explorer, que pertence à empresa Eolas Technologies Inc., nascida na Universidade da Califória, nos Estados Unidos.

Em uma decisão divulgada na quarta-feira (28/09), o Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos reconfirmou uma patente registrada pela Eolas, que permite que conteúdos interativos sejam embutidos em seu web site, o que é uma prática comum na internet.

Segundo um comunicado da universidade, o Escritório reexaminou a patente original, que foi publicada em novembro de 1998, e planeja liberar o novo certificado do exame para atualizar seu prazo de validade.

Em um comunicado, a Microsoft declarou que está estudando a decisão e que ainda planeja apresentar sua versão dos argumentos em um novo julgamento. "Estamos confiantes de que conseguiremos chegar a uma resolução bem-sucedida", disse a companhia.

O primeiro processo da Eolas contra a Microsoft foi aberto em 1999 por infração de uma patente no browser Internet Explorer. Em agosto de 2003, a empresa ganhou a causa e foi indenizada em 520,6 milhões de dólares. No entanto, em março de 2005, uma corte de apelação desconsiderou a decisão de 2003 e ordenou um novo julgamento para avaliar a patente, que ainda não foi agendado.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail