Home > Notícias

Ataques virtuais por IM crescem mais de 3.000%

MSN Messenger foi alvo de 62% dos ataques no período

IDG Now!

04/10/2005 às 12h47

Foto:

O volume de ataques a serviços de mensagem instantânea (Instant Messenger - IM) e a redes P2P, para troca de arquivos, cresceu 3.295% no terceiro trimestre de 2005 em relação aomesmo período do ano passado, com o MSN Messenger sendo alvo de 62% dos ataques no período.

De acordo com a IMlogic, empresa norte-americana que monitora o segmento, o crescimento acumulado das ameaças nos três primeiros trimestres de 2005 é 2.083% maior do que os nove primeiros meses do ano passado.

No ranking dos serviços mais afetados no último trimestre, o MSN Messenger aparece com 62% dos ataques, seguido pelo AIM e o ICQ, ambos com 31%, e pelo sistema do Yahoo, com 7%. Ao todo, a IMlogic detectou 713 ameaças únicas a IM e P2P no período.

Dos incidentes verificados, 87% dizem respeito à propagação de worms, 12% correspondem à transmissão de vírus e cavalos-de-tróia por meio da transferência de arquivos, e 1%, à exploração de vulnerabilidades no cliente.

Entre as tendências observadas pela empresa no último trimestre está a sofisticação dos ataques, com o aumento no número de worms em múltiplas línguas, o que facilita a propagação para diversas geografias.

A IMlogic também prevê um crescimento no uso de engenharia social, que requer a interação do usuário, para infectar as máquinas.

Segundo a empresa, o caráter instantâneo das ferramentas de IM e falta de recursos para proteção em tempo real facilita a propagação de códigos maliciosos nesses ambientes, portanto a tendência é de um crescimento ainda maior no número de ameaças ao longo dos próximos meses.

A estimativa é de que o número de usuários de serviços de mensagem instantânea chegue a 300 milhões em 2005. De acordo com a IMlogic, o tráfego de IM deve ultrapassar o de e-mail até o final de 2006. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail