Home > Notícias

Intel lança chip de dois núcleos para servidor

Produto tem 50% a mais de poder de processamento, mas com um custo 40% maior que a versão de um núcleo só

IDG Now!

11/10/2005 às 11h03

Foto:

O primeiro processador Xeon de dois núcleos (dual-core) para servidores chega ao mercado, com 50% a mais de poder de processamento, mas com um custo 40% maior que a versão de um núcleo só, afirmaram os executivos da Intel nesta segunda-feira (10/10).

A companhia apresentou os primeiros chips Xeon dual-core para servidores com dois e quarto processadores. A versão para servidores com dois chips está disponível de imediato em 2.8 GHz e custa cerca de 1 mil dólares em lotes de 1 mil unidades - em comparação com o custo de 690 dólares por unidade do Xeon single-core 3.8 GHz para a mesma quantidade.

Preços e detalhes sobre o Dual-Core Xeon 7000 - uma versão para sistemas com múltiplos processadores, com 3GHz - devem ser anunciados em 60 dias.

O Xeon dual-core 2.8GHz utiliza 2 MB de memória cache Nível 2 por núcleo e é bastante similar ao Pentium D, voltado a desktops, do ponto de vista da arquitetura.

O novo chip para servidores, contudo, possui uma função de gerenciamento de energia baseado em demanda, que inativa partes do processador quando não estão em uso, além de vir com a tecnologia hyperthreading, que permite que cada um dos dois processadores físicos seja enxergados como dois lógicos.

O plano original da Intel era introduzir o primeiro processador dual-core para Xeon apenas no primeiro semestre de 2006, mas o aumento da competição imposto pela AMD, com o processador Opteron, que já está disponível em versão dual-core desde maio, antecipou o lançamento.

Apesar de ter apresentado seu primeiro chip dual-core para servidores de dois processadores, a Intel não pretende vender grandes volumes do produto.

A aposta da companhia em dual-core é o processador Dempsey, que deve ser lançado no primeiro semester do próximo ano como parte da plataforma Bensley, código para um sistema que combinará o chip Dempsey e o chipset Blackford.

A plataforma vai introduzir várias novas tecnologias, como suporte à virtualização oferecido por empresas como VMware e XenSource, e o aumento de velocidade na transferência de dados da rede para o processador com a I/O Acceleration Technology. O processador também fará uso de duas entradas independents para cada processador do núcleo duplo, com velocidade de 1066MHz.

Além disso, o preço do novo chip estará no mesmo patamar dos modelos atuais de um núcleo, ao contrário do Xeon dual-core 2.8GHz.

A Dell,  a Hewlett-Packard e a IBM anunciaram suporte ao novo processador e os clients já podem encomendar produtos baseados no chip.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail