Home > Dicas

Phishing: como evitar

27/10/2005 às 19h11

Foto:

A regra básica para evitar o phishing é não acessar a página do banco ou empresa citada através dos links fornecidos por e-mails fraudulentos ou sites de terceiros.  Os bancos utilizam em suas páginas na internet medidas de segurança e buscam constantemente as possíveis vulnerabilidades antes que se realizem os ataques. Além disso, trazem várias recomendações em suas páginas. Mesmo assim, somos nós os últimos responsáveis por dar ou não nossos dados. Partindo da premissa de que nenhuma entidade vai pedir nossos dados confidenciais por telefone, e-mail ou qualquer outra forma, e que não devemos responder a esses correios eletrônicos, trata-se de uma fraude que só depende de nós para ser levada adiante. O que é realmente importante é ter consciência dos perigos para quando receber o e-mail que faz referência a uma entidade da qual realmente somos clientes, não inserir nenhum dos dados pedidos. No caso do phishing, a desconfiança é o antivírus mais potente que o usuário pode ter. Não acredite em ameaças ou ofertas tentadoras. E monitore com freqüência suas movimentações financeiras, em busca de cobranças indevidas.

Se estes conselhos vieram tarde demais – você acredita que bandidos estejam utilizando seus dados e senhas de conta bancária ou mesmo o número do cartão de crédito – a primeira providência é entrar em contato com seu banco ou administradora do cartão, que fornecerão os passos a seguir. E se a fraude se comprovar, registre um boletim de ocorrência.

> Phishing: como funciona

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail