Home > Notícias

HP prepara retorno ao mercado de varejo de PCs

Retorno só foi possível graças a aprovação da MP do Bem 2, que garante isenção de PIS e Cofins aos fabricantes

Ralphe Manzoni Jr. - IDG Now!

31/10/2005 às 14h33

Foto:

A HP vai anunciar nas próximas semanas o seu retorno ao mercado de varejo de computadores pessoais com a linha Pavillion. A informação foi confirmada por Cristina Palmaka, vice-presidente do grupo de sistemas pessoais da HP Brasil, durante a apresentação do projeto de laptop de 100 dólares, por Nicholas Negroponte. (Conheça o laptop de US$ 100 dólares, clique aqui).

De acordo com a executiva, o retorno ao mercado de varejos, onde vai brigar com a Positivo, empresa brasileira líder do mercado de computadores pessoais em 2005, só foi possível graças a aprovação da MP do Bem 2, que garante isenção de PIS e Cofins aos fabricantes.

Os computadores terão preço inferior a 2,5 mil reais para garantir a isenção de PIS e Confis, o que faz com que os preços dos micros sejam 9,25% mais baratos.

A HP também vai participar do programa de inclusão social do governo federal Computador para Todos, cujos computadores têm preço de 1,4 mil reais e vêm equipados com Linux.

Mercado

Mesmo fora do mercado de varejo (que vende computadores para usuários domésticos), a HP foi a líder de mercado em 2004, segundo a consultoria IDC Brasil, brigando apenas pelas vendas para empresas.

Em 2005, a Positivo, empresa brasilera de computadores, têm mantido a dianteira do mercado por três trimestres consecutivos.

Grandes marcas globais, como HP e IBM (agora Lenovo), estavam fora desse mercado em razão das baixas margens e ao tamanho do chamado mercado cinza de PCs, que foi de 74% em 2004.

Mas a atuação da Receita Federal na apreensão de componenetes contrabandeados de informática e a MP do Bem 2 proporciou, pela primeira vez em dez anos, a redução do mercado cinza, que passou de 74% em 2004 para 65% em agosto de 2005, de acordo com a IDC Barsil.

Esse foi o sinal que os fornecedores globais de PCs reconsiderassem suas posições de ficar de fora do mercado de PCs. Além da HP, que vai anunciar em breve seus planos, a Lenovo também já declarou sua intenção de voltar a vender computadores aos consumidores. 

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail