Home > Notícias

Correção da Sony pode corromper PC

Falha de programação na correção pode levar o computador a entrar em colapso quando instalado

IDG Now!

07/11/2005 às 12h22

Foto:

A correção lançada pela Sony BMG Music Entertainment em resposta à polêmica causada pelo software XCP (Extended Copy Protection) de proteção à gravação embutido em alguns de seus CDs pode causar falha no computador, segundo Mark Russinovich, especialista que deu origem à controvérsia.

Russinovich disse que uma falha de programação na correção pode levar o computador a entrar em colapso quando instalado. Embora as chances de que isso aconteça sejam pequenas, Russinovich afirmou que o problema representa mais um dano à reputação da Sony. "É obvio que quem escreveu este patch não tem experiência na criação de drivers para Windows", disse o especialista.

A Sony lançou a correção na quarta-feira (02/11), após reclamações de usuários de que o XCP usava métodos comumente associados a spywares e vírus para fazer com que ele fosse praticamente impossível de ser detectado e removido do computador. Se o software diminuísse a performance do computador ou fosse explorado de alguma forma por hackers seria muito difícil de repará-lo segundo críticos, como Russinovich. O patch torna o XCP visível para ferramentas de sistema e produtos de antivírus.

A Sony licencia o XCP de uma empresa do Reino Unido, chamada First 4 Internet, e começou a vender CDs com o software embutido no início deste ano. Executivos da companhia disseram que apenas cerca de 20 títulos foram vendidos com o produto.

Em um post em seu blog na sexta-feira (04/11), Russinovich também publicou pesquisas adicionais mostrando que o software de XCP aparentemente está ligado ao site da Sony, informação que ainda não havia sido revelada.

Aparentemente, o cliente se conecta ao site buscando informações sobre letras e arte do álbum, mas a forma como ele opera pode levantar suspeitas a respeito de questões de privacidade, disse o especialista. "Eu duvido que a Sony esteja fazendo alguma coisa com os dados, mas este tipo de conexão poderia reportar cada vez que um CD protegido para gravação é tocado e qual é o endereço IP do micro que está tocando", alertou Russinovich em seu blog.

A Sony afirmou que não está utilizando o software para buscar informações dos usuários, por meio do porta-voz John McKay.

O post de Russinovich a respeito do patch pode ser acessado neste endereço: http://www.sysinternals.com/blog/2005/11/more-on-sony-dangerous-decloaking.html

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail