Home > Notícias

Brasil é 10º em número de internautas, diz ONU

País encerrou o ano de 2004 com uma base de mais de 22 milhões de internautas, cerca de quatro vezes e meia maior do que era no ano 2000

IDG Now!

11/11/2005 às 12h53

Foto:

O Brasil é o décimo país no mundo em número de usuários de internet, de acordo com um relatório divulgado pela ONU nesta quinta-feira feira (10/11). O país encerrou o ano de 2004 com uma base de mais de 22 milhões de internautas, cerca de quatro vezes e meia maior do que era no ano 2000.

Em relação a 2003, o Brasil ganhou cerca de 4 milhões de novos usuários de internet, de acordo com o estudo. Mas o número de brasileiros conectados ainda é cerca de oito vezes e meia menor do que o montante de usuários de internet nos Estados Unidos, líder do ranking, com 185 milhões de usuários.

O Brasil também fica bem aquém da segunda colocada, a China, com 94 milhões de internautas, e do terceiro colocado, o Japão, com 75 milhões de usuários.

Ainda sim, o país é o primeiro em acesso à internet na América Latina, seguido pelo México, com 14 milhões de internautas, e pela Argentina, com 5 milhões de usuários.

No total, segundo o relatório da ONU, havia 875 milhões de pessoas com acesso a internet no mundo em 2005.

Banda Larga

No ranking de usuários de banda larga, o Brasil é o 13º, com 2,2 milhões de pessoas acessando a internet em alta velocidade, cerca de 10% do total de internautas.

Este número cresceu aproximadamente 88,2% em relação a 2003, quando tínhamos uma base de 1,1 milhão de usuários de banda larga, e aumentou quase sete vezes em relação a 2000.

Os três primeiros países em número de internautas - Estados Unidos, Japão e China - são também os líderes em uso de banda larga com, respectivamente, 37,8 milhões, 18,6 milhões e 16,9 milhões de assinantes.

Divisão regional

Os dados da ONU revelam ainda o abismo da inclusão digital existente entre países desenvolvidos e em desenvolvimento: enquanto os primeiros tem um índice de 52,9% de penetração da internet na população, nos segundos apenas 6,9% das pessoas tem acesso à rede mundial, em média.

Na América do Norte, o índice de acesso é de 62,6%, menos apenas do que na Oceania, com 63% (número que está relacionado à baixa concentração demográfica).

O terceiro maior continente em grau de inclusão é a Europa, com 33,2%. A América Latina aparece em quarto lugar, com 11,4% da população conectada. Em 2000, esse percentual era praticamente três vezes menor: apenas 3,9% da população estava inclusa digitalmente.

A Ásia possui um índice de acesso de 8,7% e na África a média cai para 3,1%.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail