Home > Notícias

Brasil: 80% dos internautas evitam compras online

Apenas 6,38% da população já comprou algum produto pela internet nos últimos 12 meses, o que representa 20% das pessoas que usaram a web no período

IDG Now!

24/11/2005 às 12h32

Foto:

Apenas 6,38% da população já comprou algum produto pela internet nos últimos 12 meses, o que representa 20% das pessoas que usaram a web no período informa uma pesquisa realizada entre agosto e setembro pelo Instituto Ipsos-Opinion com 8.540 domicílios e 2.030 empresas com mais de dez funcionários.

A pesquisa divulgada nesta quinta-feira (24/11) pelo Comitê Gestor da Internet Brasileira em parceria com o Ibope NetRatings mostra que os itens mais comprados pela internet são Filmes e músicas (17,9%), Eletrônicos (14,4%), Livros, revistas ou jornais digitalmente (14,1%), Livros, revistas ou jornais fisicamente (13,3%), Produtos para casa e eletrodomésticos (12,6%) e microcomputadores e equipamentos de informática (11,7%).

Entre as razões pare que 80% os internautas não tenham feito compras via web nos últimos 12 meses, os participantes da pesquisa deram as seguintes respostas:

- Preocupação com riscos do comércio eletrônico (36,2%);
- Prefere avaliar o produto in loco (27,04%);
- Não confia no produto que irá receber (12,84%);
- Preocupado em fornecer informações pessoais (9,6%).

Conexão e segurança no trabalho

O estudo também avaliou o uso da internet e de microcomputadores nas empresas, revelando que 98,76% dos funcionários usaram computadores nos últimos 12 meses.

Entre os profissionais que usaram desktops, 80% usaram computadores em rede LAN (Local Area Network) com fio e 96,29% tiveram acesso à internet.

Em média, 39% dos que funcionários com computador no trabalho possuem acesso à internet e 44,52% tiveram alto grau de substituição do correio tradicional por e-mail.

A conexão no trabalho foi feita via banda larga (DSL), nos últimos 12 meses, por 57,95% dos funcionários, enquanto 45,07% usaram conexão discada via modem tradicional e 23,95% usaram conexão de banda larga móvel

Os ataques de vírus afetaram 50,34% das empresas, no último ano. Já as pragas do tipo cavalo-de-tróia (trojans) afetaram 31,13% das companhias e os códigos maliciosos (worms ou bots) atingiram 17,44% dos pesquisados.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail