Home > Notícias

Brasil bate novo recorde mundial de navegação

Em outubro, 11,72 milhões de pessoas acessaram a internet em seus domicílios e bateram seu próprio recorde mundial de tempo navegado: 18 horas e 42 minutos

Daniela Braun - IDG Now!

24/11/2005 às 12h18

Foto:

Em outubro, 32,1 milhões de brasileiros - 17,3% da população - acessaram a internet em casa, no trabalho, em cibercafés ou telecentros. É o que revela um relatório divulgado nesta quinta-feira (24/11) pelo Ibope NetRatings, agora em parceria com o Comitê Gestor da Internet Brasileira.

Comparando com o mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados 32,2 milhões de internautas, há uma estabilidade no número de pessoas conectadas no País, avalia o Ibope NetRatings.

O diferencial do internauta brasileiro está no tempo navegado em casa. Em outubro, 11,72 milhões de pessoas acessaram a internet em seus domicílios e bateram seu próprio recorde mundial de tempo navegado: 18 horas e 42 minutos.

O tempo de conexão em outubro supera o recorde batido em julho, quando os brasileiros passaram uma média de 18 horas e 28 minutos navegando em casa. Em agosto, a média foi de 17 horas e 38 minutos e, em setembro de 17 horas e 30 minutos.

Embora tenha a décima população de internautas do mundo, o Brasil rodou mais na internet, em outubro, do que países desenvolvidos como França (17 horas e 20 minutos), Japão (17 horas e 23 minutos), Estados Unidos (16 horas e 46 minutos), Espanha (16 horas e 4 minutos), Alemanha (15 horas e 2 minutos) e Inglaterra (13 horas e 41 minutos).

A explicação para o recorde brasileiro de horas navegadas, que também se aplica à estabilidade no número de internautas do País, é o poder aquisitivo. "O internauta brasileiro é o cidadão das classes A e B localizado em grandes centros urbanos. E a nossa classe A não deve nada para outros países", avalia Marcelo Coutinho, diretor executivo do Ibope Inteligência e professor do curso de mestrado da Fundação Cásper Líbero.

E o que o brasileiro faz na internet?

O relatório, que considera internautas com mais de 16 anos - com idade para ingressar no mercado de trabalho -, mostra que a maioria (73%) dos brasileiros acessam a internet para ver e-mails.

Em segundo lugar estão os sistemas de mensagens instantâneas - Instant Messaging (IM) - acessados por 43% dos internautas. Já uma parcela de 33% ouvem rádio na internet e 30% buscam conteúdo audiovisual.

O estudo também mostra que o microcomputador é o único meio de acesso à web para 75% dos brasileiros, enquanto 25% utilizam duas ou mais fontes de acesso à web, além do desktop - celulares, handhelds e até a televisores.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail