Home > Notícias

Uma visão 360 graus do Vista

O próximo sistema da Microsoft tem um visual diferente do que você está acostumado. Mas as partes que você não vê talvez sejam mais importantes

Eric Hellweg – PCW/EUA

29/11/2005 às 18h25

Foto:

O próximo sistema da Microsoft tem um visual diferente do que
você está acostumado. Mas as partes que você não vê talvez sejam mais
importantes

20051129_windows-vista_201x152Mais
de dez anos se passaram desde que a Microsoft lançou o Windows 95 com
alarde (e ao som de Start Me Up, dos Rolling Stones). Agora, quando a
companhia prepara o lançamento de seu próximo grande sistema
operacional, programado para fins de 2006, a música tema mais
apropriada seria Security, entoada pela diva do blues Etta James.

“A
essência do Vista é segurança, segurança e segurança”, diz Laura DiDio,
analista do The Yankee Group. A Microsoft está muito empenhada em
proteger usuários contra a legião de vírus, worms e outros ataques
maliciosos que se agravaram tanto na última década. Mas segurança não é
o único foco do Windows Vista. Também estão incluídos recursos
adicionai para games, funções mais eficientes de busca no desktop, uma
reformulação da interface gráfica, compatibilidade com TV de alta
definição e outros penduricalhos multimídia. Além do mais, o Vista é o
primeiro grande sistema operacional da Microsoft criado para suportar
aplicações de 64 bits. O novo ambiente deverá se juntar às CPUs mais
novas para melhorar o desempenho de games, performance do sistema e
segurança.

Ainda não se sabe exatamente o que o Vista incluirá.
Mas há alguns rumores, sobre os quais a Microsoft não quis comentar: o
Vista talvez venha em sete opções diferentes, variando de uma edição
ultra-enxuta para países do Terceiro Mundo a uma versão supra-sumo, com
todos os componentes corporativos e de multimídia inclusos. Nem todo
mundo considera esse arranjo uma boa idéia. “Se a Microsoft liberar o
Vista em sete variantes, terá muitos clientes confusos nas mãos”, diz
Rob Enderle, analista-chefe do The Enderle Group.

No momento, a
Microsoft já tem muitos clientes preocupados, e a razão principal é que
o Windows é um dos alvos favoritos de autores de código
malicioso.  O Vista pretende impedir ataques de diversas maneiras
inovadoras. Uma delas é facilitar a criação de contas de usuários
limitadas, que podem ser ajustadas para conceder apenas os direito mais
básicos (baixar um driver gráfico, digamos, mas não instalar uma
aplicação). Em versões anteriores do Windows, somente administradores
de rede podiam controlar esses privilégios.

Outra maneira é
fazer o sistema operacional criptografar, por padrão, todos os dados
armazenados na unidade de disco rígido. É a primeira vez que a
Microsoft oferece esse nível de segurança, segundo DiDio. O Vista
também vai isolar diversas aplicações e componentes de modo que, se um
vírus entrar pelo Internet Explorer, o volume de estrago que ele possa
causar em todo o sistema operacional será limitado. “Isso vai eliminar,
se não totalmente, pelo menos parte das ameaças provenientes do IE”,
observa DiDio. “No mínimo, reduz vulnerabilidades.”

Uma área em
que a Microsoft ficou para trás é a de busca no desktop. O Google vence
a turma de Redmond no mercado com sua aplicação que pesquisa arquivos
nas unidades de disco locais e em ambientes de rede. “A busca no
desktop é um buraco negro no Windows há anos”, diz Enderle. Portanto,
fique de olho: a Microsoft deverá fornecer uma função de busca
aprimorada no Windows Vista, além de uma interface gráfica nova (e
melhor) para localizar arquivos.

Se o Windows Vista cumprir a
maior parte do que a Microsoft prometeu, do que o release beta sugere e
os analistas prevêem, será uma atualização radical. Pelo que sabemos
até agora, as perspectivas para o Vista são muito promissoras.

PC pronto para o Vista

Os verdadeiros requisitos do Windows Vista não são
conhecidos, mas se você quiser ter o novo sistema operacional, seu
equipamento deverá estar em boa forma quando o novo produto da
Microsoft chegar

20051129_pc-pronto-vista_399x294


  1. 2 GB de RAM
  2. CPU de 64 bits
  3. Placa gráfica PCI Express com 128 MB de RAM
  4. Disco rígido SATA com NCQ (Native Command Queuing)
  5. Monitor que suporte o padrão de proteção contra cópia HDCP, exigido para a execução de conteúdo de alta definição

Leia também:

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail