Home > Notícias

NEC desenvolve bateria orgânica para RFID

A bateria foi criada para o uso com aplicações como cartões de RFID ativos e poderia manter estes dispositivos funcionando por muitas semanas antes da recarga

IDG Now!

08/12/2005 às 19h32

Foto:

Engenheiros da NEC no Japão desenvolveram uma bateria flexível que tem menos de um milímetro de espessura e pode ser recarregada em meio minuto, anunciou a companhia nesta quarta-feira (08/12).

A bateria foi criada para o uso com aplicações como cartões de RFID (identificação por radiofrequência) ativos e poderia manter estes dispositivos funcionando por muitas semanas antes da recarga, disse Yshimi Kubo, gerente geral de pesquisa com célula combustível e bateria da NEC.

O novo invento da NEC é uma "bateria de radical orgânico", tecnologia desenvolvida pela NEC que usa materiais mais amigáveis à natureza que as químicas encontradas em baterias recarregáveis comuns, disse a empresa.

A NEC começou a pesquisar esta tecnologia em 2000, financiada em parte pela organização japonesa New Energy and Industrial Technology Development Organization (NEDO).

Um dos recursos desta bateria é a capacidade de se recarregar rapidamente. O dispositivo pode preencher 80% da sua capacidade em cerca de 30 segundos.

O protótipo do produto, demonstrado em uma feira em Tóquio, nesta semana, mede cerca de quatro centímetros, em formato quadrado, e foi testado em um cartão do mesmo tamanho. Depois de carregada, a bateria manteve o LED (light emitting diode) do cartão aceso por cerca de 20 minutos antes de precisar ser recarregada.

Estas baterias finas são muito importantes para os cartões de RFID ativos, segundo a NEC. Isso porque a maioria das etiquetas e cartões de RFID hoje existentes são dispositivos passivos, que não conseguem transmitir dados por conta própria e só funcionam quando aproximados de um leitor ou campo de rádio.

A NEC disse que não tem planos de produção comercial do produto, nem previsão de preço.

No início do ano, a companhia apresentou uma versão maior de bateria com a mesma tecnologia, que poderia ser usada como fonte emergencial de backup para computadores pessoais.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail