Home > Notícias

Os portais acabarão, diz Rupert Murdoch

O gigante da mídia diz que o internauta mais experiente vai direto ao assunto que deseja e dispensa portais como MSN e Yahoo

Jeremy Kirk - IDG News Service (London Bureau)

10/01/2006 às 19h51

Foto:

Portais como os do Yahoo e da Microsoft  - o MSN - perderão sua popularidade, já que os usuários mais descolados vão diretamente ao conteúdo que desejam, profetizou Rupert Murdoch - o gigante da mídia -, nesta segunda-feira (09/01).

"Hoje, os jovens - que são a maioria dos usuários da Internet - sabem exatamente quais sites querem visitar," disse Murdoch  em uma conferência para investidores patrocinada pelo Citibank. "Eles não têm de ir até a home page do Yahoo, do MSN ou de qualquer site semelhante para trabalhar do seu jeito".

A profecia do presidente da News Corp. é feita enquanto a companhia mergulha na mídia online após muitos anos deixando a rede mundial em segundo plano.

Ele reconheceu a crítica de que sua companhia estava atrasada no investimento na Internet, e as pressões ditas sobre o faturamento horizontal de sua tradicional mídia impressa serviram como um alerta.

O acesso de banda larga tem expandido apenas recentemente, ele observou, e Murdoch disse que alguns anos atrás sua empresa evitava perder dinheiro com projetos de Internet.

A News Corp. sustentou suas holdings na rede com diversas aquisições no ano passado. Comprou a IGN Entertainment, que movimenta uma rede de sites para fanáticos em games. Ainda nesse segmento, também trouxe a Intermix Media, que roda o MySpace.com, e a Scout Media, uma editora de sites e revistas de esportes.

O ritmo intenso de aquisições foi impulsionado pelos leitores dos veículos online da News Corp. Ele prevê que os principais sites da News Corp., incluindo esportes, os portais da IGN e o Myspace.com, terão faturamento de 350 a 400 milhões de dólares em 2007.

Para tornar o Myspace "mais atraente," o site começará a oferecer esta semana downloads gratuitos de vídeo, disse Murdoch. Também estão em desenvolvimento uma tecnologia de mensagens instantâneas e um dispositivo para voz.

Hoje o MySpace.com possui aproximadamente 47 milhões de usuários, uma mina de ouro de informações para definição de nichos de mercado para anunciantes, observa Murdoch, acrescentando que o site ganha aproximadamente um milhão de usuários por semana.

O Myspace.com não será um portal tradicional, focado na organização de conteúdo para o internauta, disse Murdoch, especialmente porque sua empresa ainda aposta na construção de uma comunidade, ou "de uma rede de relacionamento," onde os usuários se conectam com amigos, colegas e seus assuntos preferidos. "Ninguém fez isso antes," ele diz.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail