Home > Notícias

Crédito para PC popular já superou R$ 1,6 mi

Em menos de um mês, o número de fabricantes cadastrados e habilitados no programa saltou de 14 para 23

IDG Now!

11/01/2006 às 14h26

Foto:

Até o início de janeiro, o volume de transações de crédito concedido aos cidadãos para aquisição do Computador para Todos - programa de inclusão digital do governo - por meio do Banco do Brasil e Caixa Econômica superou R$ 1,6 milhões.

O primeiro varejista a ter o crédito especial concedido pelo BNDES - que financia apenas varejistas e não consumidor final -, Magazine Luiza, vendeu 7 mil computadores nos primeiros quatro dias após o credenciamento.

Em menos de um mês, o número de fabricantes cadastrados e habilitados a produzir os computadores, conforme especificações do programa, junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia, saltou de 14 para 23.

A iniciativa do governo visa atender, principalmente, as necessidades de usuários com renda entre três e sete salários mínimos, o que corresponde a 18,5 milhões de famílias, a um preço e condições de pagamento acessíveis para famílias que ainda não possuem computador. As linhas de crédito especiais possuem juros de até 2% ao mês e parcelamento em 24 meses.

Para ampliar as possibilidades de aquisição do equipamento, foram criadas linhas de financiamento que apóiam não só o cidadão, mas também os fabricantes e o comércio varejista. Ou seja, o cidadão tem linha de crédito especial operada pelos bancos oficiais, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, e os varejistas contam com a linha especial operada pelo BNDES.

Conheça o PC
Com preço de venda de até R$ 1.400, as configurações mínimas dos computadores abrangidos pelo programa são as seguintes: processador de 1,4 Ghz, 128 Mbytes de memória, placa de rede, monitor de 15 polegadas, placa de fax-modem embutida, HD de 40 Gbytes, caixas de som, teclado, mouse, floppy e unidade de CD com velocidade de leitura de no mínimo 52X ou gravadora de CD.

O PC dispõe do sistema operacional Linux e um conjunto de softwares livres com 26 aplicativos, como editor de texto, aplicações gráficas e anti-vírus. Além disso, há suporte técnico durante um ano e as atualizações são gratuitas e periódicas.

Entenda o financiamento
Para o cliente do Banco do Brasil, é possível comprar o computador na loja, com o próprio cartão Visanet. O valor do financiamento vai de R$ 100 a R$ 1.200 e o correntista pode conferir o valor pré-aprovado, destinado à aquisição do computador definido pelo programa, em seu saldo ou extrato bancário.

Na Caixa Econômica o procedimento é diferente. Após a aprovação do crédito, quem já é correntista deve solicitar a nota fiscal do produto à uma loja credenciada e apresentá-la à Caixa para que seja feita a liberação do financiamento por meio de crédito na conta do lojista ou cheque administrativo.

Mas quem não possui conta em nenhum desses bancos poderá tornar-se cliente e beneficiar-se do crédito ou financiar o computador nas mesmas condições oferecidas pelos bancos diretamente com o lojista. Neste caso, a própria loja é responsável por conceder o financiamento. "Para isso é necessário que a loja esteja trabalhando com o crédito para o varejista disponibilizado pelo BNDES", explica o assessor da Diretoria do Serpro, Luiz Cláudio Mesquita.

Benefícios para os varejistas
Empresas de qualquer porte do setor varejista, sediadas no Brasil, também são beneficiadas pelo programa. Basta o varejista procurar o BNDES e solicitar o crédito destinado ao programa. Os itens financiáveis são microcomputadores pessoais novos, produzidos no país, credenciados no BNDES e que atendam às especificações e configurações do Programa Computador para Todos. A isenção de PIS e Cofins aos varejistas abarca computadores de até R$ 2,5 mil, quando vendido o conjunto completo (CPU, monitor, teclado e mouse) e R$ 3 mil para notebooks.

O recurso disponibilizado pelo BNDES é de R$ 300 milhões até o final de 2006. O prazo para a quitação do financiamento é de 30 meses, incluindo a carência de seis meses. "A grande vantagem é que o varejista pode vender o produto agora e pagar o financiamento ao BNDES seis meses depois", afirma Luiz Cláudio.

Esclareça suas dúvidas
O site www.computadorparatodos.gov.br/ traz uma apresentação detalhada do programa, informações sobre o financiamento, hardware e software, assistência técnica, legislação e credenciamento. Há ainda diversas notícias relacionadas ao Computador para Todos.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail