Home > Notícias

Fraudes eletrônicas somam R$ 300 mi em 2005 segundo a Febraban

Apesar do aumento no prejuízo em relação a 2004, a Federeção Brasileira de Bancos prevê uma redução nas fraudes para o ano de 2006

Ralphe Manzoni Jr., do IDG Now!

17/01/2006 às 16h22

Foto:

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) divulgou nesta terça-feira (17/05) que o prejuízo gerado às instituições financeiras em 2005 por meio de fraude em canais eletrônicos totalizou 300 milhões de reais.

A informação é de Jair Scalco, diretor setorial de produtos eletrônicas da Febraban, que esclarece que os meios eletrônicos são a internet e as centrais de atendimento.

O númeroda Febraban condiz com a previsão divulgada anteriormente pelo Instituto de Peritos em Tecnologias Digitais e Comunicações (IPDI) e representa uma alta de 20% em relação ao prejuízo do setor em 2004 com os crimes virtuais.

Apesar do crescimento registrado no ano que passou, Scalco acredita que em 2006 haverá uma queda neste montante.

Para ele, as medidas de segurança que serão tomadas pelos bancos e maior atenção do usuário aos golpes virtuais devem levar a uma redução no prejuízo.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail