Home > Notícias

WiMax Forum certifica quatro primeiros produtos

Nesta quinta-feira (19/01), o grupo colocou fim ao atraso na certificação de equipamentos para a tecnologia de banda larga sem-fio

IDG Now!

20/01/2006 às 18h11

Foto:

O WiMax Forum atingiu na quinta-feira (19/01) uma esperada meta, colocando quarto selos de aprovação em produtos que usam a nova tecnologia de banda larga sem fio.

O anuncio acabou com as especulações de que mudanças no padrão atrasariam novamente a certificação dos primeiros produtos, prolongando a confusão gerada por produtos não-homologados chamados de pré-WiMax.

Entre os produtos certificados estão estações base, um design referência de estação base e um design de referência para equipamentos de WiMax fixo para consumidores.

A forma inicial da tecnologia, baseada no padrão IEEE 802.16-2004, é desenhada como uma alternativa a serviços de banda larga, como DSL (Digital Subscriber Line) e cabo para residências e empresas.

Neste modelo, a tecnologia oferece no mínimo 1 Mbit/s de banda por usuário. Outra versão do WiMax, com certificação prevista até o final do ano, vai permitir a mobilidade.

As primeiras certificações de WiMax chega depois de um longo período de prazos não-cumpridos sobre o início das aprovações.

Em novembro, um conjunto de esclarecimentos de última hora em relação ao padrão 802.16-2004 fizeram com que o grupo adiasse a previsão de aprovações do final do ano passado para este ano.

Mas o grupo conseguiu cumprir a meta estabelecida no início deste mês de fazer as primeiras aprovações durante um evento chamado Wireless Communications Association (WCA) International Symposium & Business Expo, na Califárnia. A conferencia termina nesta sexta-feira (20/01).

Os quatro produtos foram certificados conforme os padrões IEEE 802.16-2004 e do European Telecommunications Standards Institute HiperMAN, e tem interoperabilidade entre si.

Foram certificadas as estação base PacketMax 5000, da Aperto Networks, e RedMax AN-100U, da Redline Communications, o design de referência de estação base SQN2010, da Sequans Communications, e o design referência de equipamento para consumo miniMax, da Wavesat.

Os produtos da Aperto e da Redline são sistemas completos à venda para prestadores de serviços, enquanto os equipamentos da Sequans e Wavesat são amostras baseadas nos chips fabricados pelos dois fornecedores.

Todos os produtos aprovados usam a freqüência de rádio de 3.5GHz, que hoje está à disposição das operadores em muitos países, mas não nos Estados Unidos.

Nas próximas rodadas de teste, o Forum pode aprovar produtos para uso em 2.5GHz, espectro disponível nos Estados Unidos e em outros países.

Fabricantes reservaram espaço para outras 26 estações base e produtos para assinantes na primeira leva de testes do WiMax Forum, que cobrem confomidade e interoperabilidade com o padrão.

Capacidades adicionais, incluindo segurança e recursos de qualidade de service, serão testadas no futuro.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail