Home > Notícias

Novas pragas voltam a atacar celulares

Ameaças do tipo cavalo-de-tróia se disfarçam de aplicativos e se espalham por conexões Bluetooth ou mensagens multimídia para telefones Symbian

IDG Now!

23/01/2006 às 12h00

Foto:

Certos modelos de celulares estão na mira de três novos programas maliciosos.

As ameaças são programas do tipo cavalo-de-tróia disfarçados de aplicativos. Ao serem baixados pelo usuário, os programas se espalham por conexões Bluetooth ou mensagens multimídia e podem afetar telefones com o sistema operacional Symbian.

Até o momento, a taxa de infecção das pragas virtuais é baixa, informou a Symantec Corp. com base em ameaças avaliadas na semana passada.

O cavalo-de-tróia Bootton.E foi descoberto na semana passada pelas empresas F-Secure Corp. e Symantec. O programa reinicia o telefone móvel e ainda corrompe componentes que causam falhas no reboot e podem inutilizar o celular.

O Pbstealer.D envia a lista de contatos, a lista de tarefas e o caderno de anotações de um celular infectado para outros terminais próximos por Bluetooth. Já o terceiro cavalo-de-tróia, chamado Sendtool.A, envia programas maliciosos como o Pbstealer para outros celulares via Bluetooth.

A Symantec e a  F-Secure acreditam que estas pragas não se espalhem de forma tão ampla. Ao contrário dos vírus de computador, que se disseminam automaticamente, as pragas para celular funcionam apenas se o usuário fizer o download do aplicativo infectado pelo terminal móvel.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail