Home > Dicas

Feche as portas

27/01/2006 às 18h40

Foto:

"Incidentes relacionados à segurança estão entre as principais causas de problemas no computador”, destaca Alexandre Leite, gerente de marketing da Microsoft para Windows. E como evitá-los? Em primeiro lugar, é recomendável o sistema operacional sempre atualizado, já que, com freqüência, são descobertas vulnerabilidades que podem ser exploradas por hackers e pragas virtuais.

Windows update - 200xA melhor maneira de fazer isso, para usuários do Windows XP, é habilitar a opção de Atualizações Automáticas. Se você ainda não tomou essa providência, clique em Iniciar, Painel de Controle, Atualizações Automáticas e selecione a opção que automatiza o processo. Outra possibilidade é visitar o endereço do Windows Update (update.microsoft.com). Ao acessar a página, se a automatização não estiver configurada, um botão do lado direito permitirá reverter isso. Basta clicar para ativar. Assim, o sistema operacional automaticamente faz o download (caso haja conexão à internet, claro), instala as atualizações prioritárias ou avisa o usuário da disponibilidade.

Além de ter o sistema operacional em dia, é preciso fechar as portas do computador com a ajuda de softwares de proteção. “Esses programas mantêm o PC saudável e protegem os dados pessoais”, lembra Karla Wagner, gerente de produtos desktop da Dell. Há opções de antivírus gratuitos como o AVG (free.grisoft.com) e o EZ, da Computer Associates, (catalog.microsoft.com/genuine/offers/) oferecido sem custo pela Microsoft para usuários de Windows original.

Nos últimos tempos, programas como firewall e anti-spyware passaram a fazer parte do kit básico para proteção do sistema. Para quem ainda não possui essas ferramentas instaladas, há opções como o firewall ZoneAlarm, da Zone Labs (www.zonelabs.com), e o caçador de espiões Windows AntiSpyware Beta (www.microsoft.com/downloads). Mas os programas, gratuitos ou não, terão pouca validade se estiverem desatualizados. Só no ano passado foram identificadas 15 mil novas pragas virtuais, segundo a empresa de segurança Sophos, que não seriam identificadas em uma máquina com software defasado.

Felizmente, a maioria dos novos programas de segurança já vem com recursos para atualização automática. “No caso dos softwares da Symantec, o recurso LiveUpdate checa a cada quatro horas a existência de atualizações, baixa os arquivos e instala automaticamente”, conta Lúcio Costa, especialista em segurança da Symantec. Caso você tenha alterado as configurações, é exibida uma mensagem perguntando se deseja instalar o update. Logicamente, isso exige conexão à internet. Por isso, quem não usa banda larga é avisado de novos arquivos disponíveis assim que se conecta à rede mundial de computadores.

> Por dentro do equipamento
> Prevenir é preciso

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail