Home > Notícias

Novo Google Desktop ameaça privacidade, diz ONG

Eletronic Frontier Foundation recomenda: não instalem a ferramenta. Potencial exposição de dados ao governo é o ponto mais preocupante

10/02/2006 às 11h46

Foto:

A Eletronic Frontier Foundation, organização sem fins lucrativos que defendo a liberdade na era digital, alerta: o novo recurso  incorporado à ferramenta Google Desktop representa alto risco à privacidade do usuário.

A critica da organização se concentra no recurso que permite fazer buscas entre diversos  computadores.

Se o usuário opta por utilizar a função, seus arquivos são copiados para os servidores do Google temporariamente. Assim, o usuário pode procurar um documento armazenado no PC da sua casa a partir da computador do escritório.

O problema, alerta a EFE, é que os documentos pessoais do usuário ficam vulneráveis, por exemplo, a intervenções governamentais e até possíveis processos.

O anuncio ocorre justamente em um momento em que o Google reluta em fornecer dados sobre pesquisas realizadas por meio da suas ferramenta obedecendo a ordens do governo, e que concorrentes, como a Microsoft, admitem já ter revelado dados sobre o comportamento dos usuários.

Além disso, adverte a EFE, um hacker que obtém a senha do Google do usuário tem em suas mãos acesso ilimitado a todo o seu conteúdo - online e offline.

Os advogados da entidade ressaltam: com uma simples determinação judicial, o governo terá acesso a comprovantes de imposto de renda, documentos de negócios, mensagens pessoais, arquivos médicos, possivelmente sem que o usuário tenha sequer tempo para contestar a medida.

A legislação norte-americana, dizem os representantes da fundação, oferece limitada garantia a privacidade para documentos eletrônicos armazenados na web  - muito menor do que àqueles guardados no computador.

Além disse, defende a entidade, o Google diz que não usará de imediato o recurso para escanear o conteúdo dos arquivos e direcionar campanhas publicitárias, mas aparentemente a legislação parece não proibir que isto seja feito.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail