Home > Dicas

O bê-á-bá das ameaças

Conheça o jargão da segurança virtual para ficar mais esperto na hora que deparar com algum programa malicioso

21/02/2006 às 19h18

Foto:

Conheça o jargão da segurança virtual para ficar mais esperto na hora que deparar com algum programa malicioso

BOT
Ameaça híbrida que reúne funções de worm – uma vez que se propaga automaticamente ao explorar vulnerabilidades pela internet – e programa espião – ao controlar remotamente o computador afetado. Equipamentos atacados passam a atuar como zumbis, sendo utilizados para ações como ataques em massa a sistemas.

CAVALO-DE-TRÓIA
Software nocivo que se passa por um programa legítimo (como um cartão virtual ou um game) para iludir os usuários, infectar sistemas e abrir as portas do computador para hackers.

DoS
Do inglês Denial of Service (negação de serviço). Estratégia de ataque utilizada por hackers que consiste em disparar um grande número de requisições a um sistema, tornando-o indisponível.

HACKER
Originalmente utilizado para designar a pessoa com grande conhecimento sobre informática, o termo foi adotado como um sinônimo para identificar pessoas que invadem sistemas ou alteram páginas na internet.

KEYLLOGER
Ferramenta que captura as seqüências de teclas digitadas pelo usuário do computador contaminado e as envia para criminosos pela internet.

MALWARE
Termo genérico utilizado para identificar os programas que realizam atividades prejudiciais ao equipamento ou às informações dos usuários.

PHISHING SCAM
E-mail não solicitado que tenta convencer o destinatário a fornecer dados pessoais em sites falsos ou mesmo a baixar programas que sirvam para o roubo de dados, como número de contas e senhas bancárias.

ROOTKIT
Pacote de programas criado para camuflar softwares e garantir a ação de um hacker em um PC vulnerável.

SPAM
Correio eletrônico não solicitado. Inicialmente, era apenas uma ferramenta para a divulgação de produtos e serviços, mas se transformou na principal forma de disseminação de pragas e golpes virtuais.

SPYWARE
Programa destinado a coletar informações sigilosas e a monitorar o comportamento do usuário de um computador invadido. Ao se conectar à internet, os dados são enviados a terceiros.

VÍRUS
Utilizado popularmente para classificar todo tipo de praga virtual, o vírus é, tecnicamente, um programa capaz de se propagar com a inserção de cópias de si próprio em outros softwares e arquivos.

WORM
Palavra que, em inglês, significa verme, o worm é uma ameaça capaz de se propagar automaticamente por redes como a internet. Ao contrário dos vírus, não insere cópias de si próprio em outros programas.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail