Home > Notícias

Trabalho remoto aumenta produtividade, afirma pesquisa

São Paulo - Estudo da SonicWall afirma que quem trabalha em casa usa menos celulares, tem pouca atenção com senhas e se distrai com TV e rádio

07/03/2006 às 18h37

Foto:

Trabalhar longe do escritório pode ser mais vantajoso do que se imagina. Pesquisa conduzida pela consultoria de segurança SonicWALL indica que 76% dos empregados que trabalham em casa acreditam que são mais criativos que no escritório. A crença é compartilhada com os chefes: 61% dos superiores também acreditam no aumento da produtividade.

O estudo também sugere que é mito acreditar que é mais seguro, do ponto de vista da segurança dos dados, trabalhar no escritório do que em casa. Quase 9 entre cada 10 entrevistados (88%) admitiram que guardam senhas em lugares de baixa proteção, enquanto apenas 12% deles disseram usar encriptação para seus dados e 4% revelaram que utilizam a mesma senha para todos seus serviços online.
O número de empregados que usam celulares e handhelds para trabalhar em casa é de 22%, considerado baixo pela SonicWall. Em um dia normal de trabalho, 86% deles acessa a rede da empresa a partir do seu PC pessoal.

O estudo ilustra também os hábitos pessoais dos empregados para trabalhar. Entre os 941 entrevistados que trabalham em casa em todo o mundo, 39% admitiram usar pijamas durante a execução da tarefa. Não só isso: 12% dos homens e 7% das mulheres disseram não usar roupa enquanto trabalham em frente à máquina.

O trabalho em casa também conta com distrações. Beber e comer, assistir TV e ouvir música estão entre as principais - respectivamente, 35%, 45% e 28% dos entrevistados admitiram a prática de tais ações durante o expediente.

Cerca de 18% dos homens entrevistados costumam parar de trabalhar para lavar louça , enquanto 38% das mulheres alegaram dar atenção para questões como a educação dos filhos durante o horário de expediente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail