Home > Notícias

Mercado de PCs cresce menos em 2006

Pesquisa da consultoria Gartner aponta que o mercado de desktops deve crescer 10,7% em 2006. No ano passado, a evolução foi de 15,5%.

10/03/2006 às 11h19

Foto:

Em 2006, os lançamentos de computadores pessoais crescerão em um ritmo mais lento em todo o mundo, disse a consultoria de mercado Gartner na quinta-feira (09/03).

É esperado que sejam vendidos este ano 234,5 milhões de novos PCs, um crescimento de 10,7% em relação à 2005. No ano passado, o aumento foi de 15,5%. Um dos motivos seria porque o ciclo de recolocação alcançou o seu ponto máximo.

A Gartner observou que se espera um forte crescimento no lançamento de computadores móveis em 2006, mas não será suficiente para evitar a redução do crescimento total.

Foi projetado um crescimento de 1,9% no lançamento de desktops este ano, que será resultado de uma queda de 8,6% nos mercados maduros (Europa Ocidental e Estados Unidos) e crescimento de 19,5% em países emergentes.

Já os computadores móveis devem crescer 31,4% no mercado mundial esse ano.

A Gartner advertiu também que o crescimento mundial do mercado de PCs poderia ser ainda menor se a Microsoft não tivesse anunciado a data do novo sistema operacional, o Vista, e se os usuários finais tivessem rejeitado as novas tecnologias da Intel.

Por enquanto, a IDC tem as mesmas percepções e também espera que o crescimento desse mercado seja de 10,5% em relação a 2005, graças ao crescimento de 13,2% na Ásia e no Pacífico e de 18,5% nos mercados emergentes, que inclui Europa Oriental, Oriente Médio, África e América Latina, prevê o analista David Daoud.

Os mercados maduros experimentarão um crescimento mais moderado, com a Europa ocidental crescendo 9,7%, os Estados Unidos 6,8% e o Japão apresentando taxa de crescimento nula.

Em 2005, os lançamentos mundiais de PC cresceram 15,9 % em relação a 2004, disse Daoud. Este ano, o crescimento será menor devido uma saturação de PCs em mercado maduros, apontou. O crescimento em 2007 não deve ser menor que em 2006 devido os efeitos do lançamento do Windows Vista.
*Juan Carlos Perez é editor do IDG News Service, em Miami.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail