Home > Notícias

Incubadoras se unem para criar rede de biotecnologia no País

Cietec, Supera, Inbios e Fundação Biominas anunciam convênio para suportar o desenvolvimento das empresas incubadas

Por Redação do IDG Now!

27/03/2006 às 14h29

Foto:

Quatro dos principais pólos de biotecnologia brasileiros vão se unir para criar a primeira Rede de Empresas Incubadas de Base Biotecnológica do País.

Durante um evento na terça-feira (28/03), o Centro Incubador de Empresas Tecnológicas (Cietec), localizado em São Paulo, anunciará um convênio com a Supera e a Inbios, incubadoras de empresas biotecnológicas de Ribeirão Preto, e com a Fundação Biominas.

O objetivo da parceira é apoiar as micros e pequenas empresas de biotecnologia que vêm surgindo dentro das incubadoras nos últimos anos, planejando ações conjuntas para facilitar acesso a financiamentos, executando projetos em parceria, e induzindo políticas públicas voltadas às necessidades do setor.

O potencial da área se reflete nos números do próprio Cietec: em 2005, as empresas de biotecnologia, medicina e saúde (que somam 43, ao todo) incubadas pelo centro faturaram juntas 11,5 milhões de reais – o que representa 44,8% do faturamento de todas as 110 empresas incubadas, entre elas companhias de TI, eletroeletrônica e meio ambiente.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail