Home > Notícias

EMC e NEC anunciam desenvolvimento conjunto de sistemas de storage

Empresas desenvolverão, em conjunto, hardware de armazenamento voltado principalmente a companhias de menor porte

Por Martyn Williams, para o IDG Now!*

05/04/2006 às 11h10

Foto:

A NEC e a EMC vão trabalhar juntas para desenvolver produtos de armazenamento e sistemas de gerenciamento de conteúdo empresarial, as companhias anunciaram na quarta-feira (05/03).
As companhias planejam desenvolver sistemas storage baseados na recém-anunciada tecnologia Storage Bridge Bay, da qual a EMC é a principal apoiadora.

O Storage Bridge Bay pretende direcionar uma padronização dos subsistemas de discos externos para trazer equipamentos tradicionalmente voltados a grandes empresas para o mundo dos pequenos negócios.
Os primeiros hardwares resultantes da aliança entre a NEC e a EMC devem aparecer no mercado no próximo ano, disse Toshio Kawamura, vice-presidente executivo sênior da NEC.

Os produtos serão fabricados pela NEC e vendidos por ambas empresas, por meio de canais já existentes, incluindo a relação da EMC com a Dell.

“A nossa futura linha low-end será baseada neste co-desenvolvimento”, disse Howard Elias, vice-presidente executivo da EMC. “Todos os nossos clientes no nível de entrada se beneficiarão da aliança com o tempo”, acrescentou o executivo.

A EMC, em conjunto com a Dell, a Intel, a LSI Logic e outras empresas, anunciou recentemente um grupo para desenvolver a tecnologia Storage Bridge Bay e a NEC foi a primeira integrante japonesa convidada para ingressar no grupo, disse Elias.

Na área de gestão de TI, as empresas vão trabalhar para garantir a interoperabilidade entre os produtos Smarts, da EMC, e WebSAM, da NEC, incluindo a possível licença cruzada das tecnologias, contou Elias.
Em gerenciamento de conteúdo, o trabalho estará focado em atualizar a plataforma Documentum, da EMC, com as soluções voltadas a indústrias criadas pela NEC.

Grande parte do trabalho em software será focado em empresas japonesas, e os maiores benefícios do acordo para clientes fora do Japão devem ser do lado do hardware.

As empresas trabalham juntas no Japão em vendas e suporte a produtos de armazenamento desde 1997.
A aliança anunciada na quarta-feira surgiu de conversas mantidas entre as empresas há dois anos.

"Para qualquer empresa que quer ser realmente grande neste mundo global, com o ritmo da mudança tecnológica, é impossível permanecer sozinha”, disse Joe Tucci, presidente e chief executive officer (CEO) da EMC.

*Martyn Williams é editor do IDG News Service, em Tóquio.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail