Home > Notícias

Google fornecerá acesso wireless gratuito

Após disputa com outras empresas, cidade será a primeira do mundo a ter redes wireless gratuitas do gigante de buscas

Por Elizabeth Montalbano e Steven Schwankert, para o IDG Now!*

06/04/2006 às 12h15

Foto:

O Google se aproximou mais ainda do seu plano de se tornar um provedor gratuito de acesso sem fio em grandes cidades.

O Departamento de Telecomunicações e Serviços de Informação (DTIS, em inglês) de São Francisco escolheu um plano do buscador em parceria com o provedor de internet Earthlink para fornecer uma rede gratuita de wireless na cidade, de acordo com a confirmação de porta-voz no departamento de comunicações municipal nesta quarta-feira.

O DTIS começará a negociar o contrato com as duas companhias a respeito dos planos, revelou ainda a responsável.

Mesmo que o plano enviado pelo Google e pelo Earthlink for o melhor colocado entre as seis opções recebidas pelo DTIS, se termos satisfatórios não forem atingidos, a cidade terminará as negociações e começará discussões com o próximo plano melhor colocado, disse o departamento.

Os planos da prefeitura de São Francisco para fornecer redes Wi-Fi para residentes da cidade se tornou o centro das atenções na mídia, particularmente pelo forte lobby e publicidade do gigante de buscas. A companhia até mesmo ofereceu acesso gratuito na cidade em que está instalada (Mountain View, na Califórnia), como um teste para o projeto proposto para São Francisco.

A cidade abriu a licitação, que prevê acesso gratuito por banda larga por redes sem fio, virtualmente, em todos os ambientes abertos da cidade e em alguns estabelecimentos internos, no último mês de dezembro.

O Google e o Earthlink disseram que bancariam o preço para bancar a rede e seriam responsáveis por sua construção.

De acordo com o plano, as companhias oferecerão dois planos de acesso sem fio - um gratuito, sustentado por anúncios de empresas gerenciados pelo Google e um pago que permitirá que usuários naveguem pela web em uma velocidade maior que o de graça.

Assim como outras cidades norte-americanas que planejam redes públicas sem fio, São Francisco está incentivando a construção de redes para ajudar na geração de atividade de econômica, diminuindo o "abismo digital" que separa quem pode de quem não pode pagar por planos de banda larga tradicional, e melhorando os serviços de comunicação civis e governamentais da cidade também.

*Elizabeth Montalbano e Steven Schwankert são editores do IDG News Service, em São Francisco.

Tags

Junte-se a nós e receba nossas melhores histórias de tecnologia. Newsletter por e-mail Newsletter por e-mail